Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Qui | 21.05.09

REGRESSO AO FUTURO ATRAVÉS DO PASSADO

Dr. Luís Romariz

O Dr. Weston Price foi um dentista  e cientista que encetou uma pesquisa mundial para saber porque é que as populações nativas que comiam alimentos tradicionais exibiam uma saúde óptima, mesmo em idades avançadas. A sua pesquisa levou-o a remotas comunidades tribais – Suíços, Esquimós, Polinésios, africanos, Neo-Zelandeses, e outros -  e o que descobriu tornou-o numa das maiores autoridades em nutrição natural, e no desenvolvimento de doenças degenerativas por dietas ricas em alimentos processados. Ele associou a introdução dos alimentos processados ao declínio na saúde da população mundial.

Especificamente, o Dr. Price notou um aumento incrível na cárie dentária quando as populações começavam a comer alimentos processados. É espantosa a capacidade preditiva dos dentes em relação à saúde geral.
O que torna tão fantástica a pesquisa do Dr. Price é o facto de ter sido publicada em 1920, e os seus resultados manterem-se actualizados. O que era verdade em 1907 é verdade em 2009.
O Dr. Price notou alguma semelhança entre a alimentação desses nativos e a capacidade de serem pujantes, nomeadamente:

  • Os alimentos eram naturais, não processados, e orgânicos (não continham açúcar excepto uma ocasional ingestão de mel).
  • As pessoas comiam alimentos que cresciam no seu ambiente natural. Isto é, comiam os alimentos de forma sazonal.
  • A maioria das pessoas comia alimentos não pasteurizados, e em todos havia o hábito de consumir alimentos fermentados.
  • As populações ingeriam uma parte muito significativa dos alimentos sob a forma crua.
  • Todas as culturas ingeriam produtos derivados de animais, incluindo gordura animal, e frequentemente manteiga e órgãos.

Quando o Dr. Price analisou os seus dados percebeu que estas pessoas ingeriam dez vezes mais vitaminas e sais minerais do que os ditos civilizados. As suas dietas também eram ricas em enzimas por causa do consumo de alimentos fermentados e crus.
Outro facto que tornava estas dietas tão saudáveis era o elevado consumo de óleos omega-3 – no mínimo era maior do que actualmente em cerca de dez vezes.

Está nas nossas mãos o regresso ao futuro da saúde!

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.