Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Ter | 31.03.09

GLAUCOMA E QUALIDADE DE VIDA

Dr. Luís Romariz

O glaucoma é a segunda causa mundial da cegueira, e pretence a um grupo de doenças oculares que lesionam o nervo optico, levando à perda da visão. Nas suas  fases iniciais, o glaucoma poderá não dar qualquer sintoma de alerta, e estima-se que mais de 4 milhões de americanos nem façam ideia que são suas vitimas. Dado a perda de visão associada ao glaucoma ser tão insidiosa e gradual, ele é muitas vezes chamado de “ladrão da visão silencioso.” Frequentemente, não é senão numa fase avançada da doença que a perda de visão se torna aparente, e nessa altura a perda poderá ser permanente. É por causa disto que é tão importante tomar agora medidas para proteger os olhos, mesmo que a visão seja normal. A doença está ligada a uma lesão do nervo óptico devida a um aumento de pressão nos olhos. Este aumento tem a ver com a tensão no humor aquoso, o liquido que está normalmente presente no globo ocular. Num olho sadio, o fluido é drenado de forme regular, contudo nos que têm glaucoma o sistema de drenagem não funciona tão bem e acumula gradualmente no globo, causando um aumento na pressão.Com o tempo, isto destrói as fibras nervosas responsáveis pela visão. Na forma mais comum de glaucoma (ângulo aberto), a visão periférica é afectada em primeiro lugar. Posteriormente, pode levar à visão em túnel, e eventualmente à cegueira.

Cerca de 10% das pessoas com glaucoma têm o ângulo estreito, e nestes casos um súbito aumento da pressão pode causar:

  • Dor ocular grave
  • Visão turva
  • Distúrbios visuais súbitos
  • Halos à volta das luzes
  • Olho vermelho
  • Náuseas e vómitos

Esta forma de glaucoma requer tratamento imediato.

 

  1. Diminuição dos níveis de insulina: À medida que sobe a insulina, causa hipertensão arterial, e possivelmente  aumento da tensão ocular. Com o tempo isto pode lever à insulinoresistencia, a qual está ligada ao aumento da pressão intraocular.

 A solução está em evitar açúcar e amidos, os quais causam o aumento da insulina, nomeadamente:

    • Pão
    • Pasta
    • Arroz
    • Cereais
    • Batatas 
  1. Exercicio regular: Um dos melhores meios de diminuir a insulina é atraves do exercicio.
  2. Tomar suplementos alimentares: nomeadamente omega-3, luteína e zeaxantina.

Claro que isto são medidas preventivas e coadjuvantes, para além das quais só um Oftalmologista deve opinar.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.