Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 16.03.12

FIBRILAÇÃO AURICULAR

Dr. Luís Romariz

A fibrilação auricular é uma alteração do ritmo cardíaco (arritmia) na qual a aurícula esquerda se contrai tantas vezes que mal consegue expulsar o sangue para o ventrículo esquerdo, donde por sua vez o sangue segue para todas as partes do corpo. Esta condição envolve uma má função eléctrica subadjacente aos factores que regulam os batimentos cardíacos. As medicações usadas para tratar este problema pouco o conseguem corrigir. Esta condição pode levar a AVC (trombose), pelo que frequentemente se usam anticoagulantes para impedir e prevenir a formação de trombos. O risco de AVC é sete vezes maior nos pacientes com esta patologia. Quando o coração está em forma reage bem ao stress e retorna aos batimentos basais após este ter cessado. NAS situações em que se verifica um declínio na saúde cardiovascular os batimentos de base podem tornar-se rápidos e/ou irregulares, o que tende a piorar com o aumento das necessidades de oxigénio. No princípio, esta condição pode apresentar-se como um desconforto no peito. O problema pode agravar-se com o aumento das necessidades, exercício incluído. As condições que proporcionam o aumento de peso e dificultam a sua perda são factores chave que contribuem para o desenvolvimento da fibrilação. Esta desenvolve-se gradualmente com o passar do tempo. Por outras palavras, varias deficiências nutricionais concorrem para o desenvolvimento desta patologia. Os estudos apontam para o facto desta patologia ocorrer mais nos indivíduos com baixos níveis de DHA – uma das gorduras do óleo de peixe – pelo que a suplementação com este tipo de produto é da máxima conveniência na prevenção desta e de outras patologias. O DHA funciona como um anti-inflamatório primário, e eu recomendo vivamente a ingestão de óleo de peixe (EPA+DHA) na dose de um grama às refeições. A fibrilação está associada a problemas estruturais das artérias, que por sua vez reagem à inflamação provocada pelo excesso de peso.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.