Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Qui | 29.09.11

OSSOS E NUTRIÇÃO

Dr. Luís Romariz

A manterem-se as actuais tendências na evolução da saúde, 50% das pessoas sofrerá de osteoporose em 2020. Esta doença para alem das suas raízes em desequilíbrios hormonais é fundamentalmente uma doença ambiental e nutricional. Ossos fracos contribuem para um aumento na massa gorda, diminuição na sensibilidade à insulina, inflamação e aumento de doença cardiovascular entre outras. Embora todos os adultos tenham a percepção da importância do cálcio, a maioria desconhece o papel vital do magnésio, da vitamina D3, do Boro, do Potássio e da vitamina K. Desta forma não obtemos boa parte dos nutrientes indispensáveis a uma boa saúde óssea.

Até há pouco tempo sabíamos que o esqueleto tinha três funções importantes: suporte estrutural para os músculos e para os órgãos internos; reservatório de minerais importantes; e produção de células do sangue na medula óssea. Sabemos agora que há uma quarta função: os osteoblastos, células produtoras de osso produzem uma hormona – osteocalcina – que estimula a secreção de insulina pelo pâncreas e que regula a leptina. Esta, produzida pelas células de gordura (adipócitos), regula a quantidade de gordura corporal e o apetite, para alem de quando aumentada proporcionar o terreno para doença cardiovascular, AVC, hipertensão, e resistência à insulina. Como indicação de uma boa saúde óssea temos o grau de aterosclerose, pois o cálcio decorrente quer da osteoporose quer da alimentação pode-se depositar nas artérias na falta de uma boa nutrição. Quais os nutrientes imprescindíveis a uma boa mineralização óssea, e que impedem a deposição de cálcio nas nossas artérias? São:

  • Cálcio
  • Magnésio
  • Vitamina D3, aumenta a absorção intestinal de cálcio e a mineralização óssea. Dificulta a deposição de cálcio nas artérias
  • Vitamina K2, reduz o nº de células destruidoras de osso (osteoclastos), promove uma boa matriz para a calcificação óssea, diminui a leptina, e impede a deposição de cálcio nas artérias
  • Potássio, essencial à saúde celular, fica diminuído sob acção dos diuréticos, anti-convulsivantes e alguns beta-bloqueantes. Ajuda a diminuir a acidez do organismo havendo assim menor propensão para dissolver osso.
  • Boro, é um mineral vestigial no nosso organismo, limitando a perda urinária em cálcio e magnésio.

Com vemos, o osso é bem mais do que cálcio ...