Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sab | 13.08.11

EMAGRECIMENTO: PESO IÔIÔ

Dr. Luís Romariz

Mal um organismo perde um bom número de quilos sob pressão de uma dieta eficaz, são postas em marcha várias reacções tendentes a recuperar o peso perdido. Como explicar estas reacções? Para as poder compreender é preciso saber o que significa essa gordura extra para um corpo normal. O armazenamento de gordura no decurso de uma alimentação em que as calorias ingeridas são maiores do que as gastas é um meio eficaz de gerir calorias não utilizáveis de momento, mas que podem vir a tornar-se fundamentais no futuro. Esta é a maneira mais simples inventada pela natureza para preservar e armazenar a energia sob a forma mais concentrada, ou seja, um grama de gordura=9kcal.

Actualmente, num mundo Ocidental em que a comida abunda  poderemos interrogar-nos acerca da validade destes mecanismos, mas deveremos lembrar que as estruturas biológicas não foram feitas para este novo mundo; elas eram postas à prova num mundo em que a alimentação era difícil, ocasional e implicava na maioria das vezes um combate encarniçado. A possessão das gorduras, actualmente embaraçosas, era de uma utilidade crucial noutros tempos. Ora um organismo assim evolucionado está programado para resistir à pilhagem das suas reservas de gordura, e face à sua perda parcial só tem um objectivo: reconstityi-las. Assim, vai por em marcha alguns truques que aprimorou durante os milhões de anos da nossa evolução:

  • Aumento da sensação de fome com comportamentos compulsivos e explosões bulímicas
  • Redução dos gastos energéticos, baixando o metabolismo – o que pode leva a comendo menos aumentar de peso. Sensação de fadiga e alterações do cabelo e unhas. O organismo hiberna para se adaptar à nova realidade.
  • Assimilação aumentada das calorias ingeridas em mais de 25%, o que se torna perigoso para quem quer emagrecer. Comendo menos engorda mais …

Esta reacção dura em média 10 dias por cada quilo de gordura perdido, o que significa que se alguém perde 10 quilos necessita de uma fase de adaptação ao novo peso de cerca de 100 dias. Este é um dos maiores motivos para o insucesso, pois ao fim de um mês pensamos que está tudo bem e poderemos dar largas à imaginação