Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 22.04.11

NUTRIÇÃO E IMUNIDADE: DEFESA ESTRATÉGICA

Dr. Luís Romariz

O nosso corpo vive em zona de guerra. A nossa imunidade tem uma tarefa ciclópica ao lutar contra o inimigo público nº1: os microrganismos invasores. Eles estão em toda a parte e apresentam-se sob várias formas, desde vírus mutantes, bactérias, toxinas ambientais e aditivos alimentares, alergénios, adoçantes e gorduras trans (margarinas). Vamos rever a acção de alguns alimentos capazes de criar uma defesa estratégica de forma a fortalecer o sistema imune.

Estratégia oposta. Numa palavra: nutrientes. Claro, um plano nutricional é fundamental, mas também são necessários os suplementos correctos de forma a estarmos bem preparados para a baralha. Pensemos em vitamina C, A, E, D, B6, ácido fólico, zinco, óleo de peixe e GLA. E asseguremo-nos que ingerimos muita água, no mínimo seis a oito copos diários. Além de tudo ajuda à limpeza das toxinas.

Alimentos super.  A proteína magra encima a lista. Ela aumenta a produção e energia celulares e sustenta a imunidade. Saiba que as sociedades em que se vive mais as pessoas comem mais proteína do que nós. Ao contrário, uma dieta rica em HC suprime a imunidade. Portanto concentremo-nos nos ovos, e no frango, peru, bife, cordeiro, marisco e peixe. E não esquecer que devemos preferir os produtos biológicos pois são livres de antibióticos e hormonas. Os lacticínios podem ser prejudiciais por favorecerem a proliferação de fungos. As ervilhas e as nozes também são boas fontes proteicas.

Cogumelos.  Devido ao seu conteúdo em Selénio são bons activadores da resposta imune. As vitaminas B (riboflavina e niacina) também aumentam a imunidade.

Citrinos.  Estão repletos de vitamina C e flavonoides (antioxidantes) que incrementam a função imune.

Amêndoas.  Ajudam a fazer face ao stress através da vitamina E e do complexo B.

Couves.  Estão carregadas de antioxidantes e aumentam a produção do glutatião – o nosso antioxidante major.

Brócolos.  Ricos em nutrientes, estes vegetais ajudam a estimular a imunidade e protegem das lesões. Têm vitaminas A e C, glutatião e sulforafane (agente anticancerígeno).

Germe de trigo.  Faz parte no núcleo do trigo, e tem potente actividade imuno-estimuladora. Reúne 23 nutrientes, incluindo zinco, antioxidantes, e complexo vitamínico, Tem um bom conteúdo proteico, para alem de gordura saudável e fibra.

Iogurte.  Os bacilos do iogurte activam a imunidade. O iogurte Grego, mais rico em proteína, é óptimo para fazer molhos ou batidos.

Espinafres.   Um alimento verdadeiramente "super-imune", ajuda à produção de novas células, à reparação do AND e ao fortalecimento da imunidade. Como? Através dos folatos, vitamina C e fibra.

Pimentos vermelhos.  Muitos nutrientes e poucas calorias, estão carregados de vitamina C e betacarotenos, protegendo as células dos efeitos dos radicais livres e aumentando a imunidade.

Batata-doce.  Outro alimento rico em betacaroteno, de baixo índice glicémico, ajuda a abrandar o envelhecimento e é uma boa fonte de vitamina A.

Bagas.  Ricas em antioxidantes combatem a inflamação, o cancro e a degeneração das veias.

Uma alimentação baixa em HC e complementada com exercício físico contribui para aumentar a imunidade. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.