Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Seg | 06.10.08

Reverter o envelhecimento ao restaurar a função sexual

Dr. Luís Romariz

 

Um dos efeitos colaterais — e mais vezes lamentados — do processo do envelhecimento é a perda da sexualidade e dos seus componentes: desejo, gozo, e desempenho. Aos 20, um homem tem em media uma erecção diária, mas aos 70, ele tem sorte se a tiver de 2 em 2 semanas! Nas mulheres, o desejo sexual é perdido através de vários mecanismos relacionados com o envelhecimento. Uma vez que uma função sexual saudável tem fortes ligações a um robusto sistema arterial bem como a uma óptima saúde psicológica, é importante o tratamento destes factos. Uma sexualidade saudável requer uma multitude de componentes a trabalhar sinergicamente, desde os neurotransmissores ao equilíbrio hormonal. As boas notícias são que as disfunções sexuais relacionadas com o envelhecimento podem ser prevenidas e tratadas, tornando possível manter uma vida sexual satisfatória mesmo em idades avançadas. Virtualmente qualquer pessoa pode manter uma sexualidade activa com pelo menos dois eventos semanais.
Nos homens, é precisa uma estimulação mais intensa para manter erecções e orgasmos. Na mulher, a menopausa contribui para o declinio sexual, bem como para os sintomas associados nomeadamente a secura vaginal, os calores, e o sobrepeso; as alterações do humor e a irritabilidade.
A doença cardiovascular, a aterosclerose, a hipertensão, a diabetes, e qualquer outra doença pode ter um impacto significativo na saúde sexual. No homem tem maior impacto a doença cardíaca a hipertensão e a insuficiência renal. Na mulher, a diabetes tem um impacto particular no desejo, na lubrificação e no orgasmo. Para ambos os sexos, os distúrbios do sono, a demência e a diminuição do metabolismo são capazes de diminuir o desempenho sexual. A obesidade é um adversário de peso nos dois sexos. Factores externos como o tabagismo, alcool e drogas são razão mais do que suficiente para não ter actividade sexual. A disfunção eréctil tem sido identificada como um preditor de doença cardiovascular., and angina.10
Tudo isto pode ser ultrapassado com harmonização hormonal, suplementos alimentares e com agents que melhoram a saúde psicológica. A optimização dos níveis de testosterona, progesterona, estrogénios, DHEA e melatonina, é crucial para uma boa saúde sexual.
Concluindo, a boa função sexual é fundamental para o bem-estar e para a longevidade. É possivel manter uma sexualidade saudável utilizando técnicas da medicina antiaging que estão actualmente ao nosso alcançe.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.