Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 20.08.10

OS PERIGOS MORTAIS DAS TAC

Dr. Luís Romariz

Temos tentado o impossível … desde acesas discussões com alguns colegas até apresentar provas irrefutáveis que convençam os doentes de que as TAC são perigosas e que devem ficar reservadas para casos excepcionais. O facto é que os raio-X aumentam o risco de cancro. A exposição das células à radiação ionizante não é segura, e abusamos dela constantemente. Nós, médicos, pedimos exames de raio-X a toda a hora, sem nunca nos preocuparmos em perguntar aos doentes sobre a sua história de exposição às radiações. Claro que também é verdade que se não o fizermos podemos ficar expostos a processos por má prática ou negligência. Já devem ter reparado que em muitos dos relatórios de outros exames se aponta para a possível realização de uma TAC, só para se esconder o facto de não termos uma certeza absoluta sobre o exame actual. Assim, chutamos a bola para a frente e ficamos livres de futuras responsabilidades. Isto para além dos custos da realização das TAC. Não é raro os doentes exigirem uma TAC, como se isso pudesse resolver os seus males, e o medo de aborrecimentos ou o absurdo de ter de responder às queixas absurdas faz com que pactuemos com a prescrição deste exame. Comparada com os vulgares raio-X a TAC tem uma dose enorme de radiação da ordem das centenas ou milhares de vezes! Fazem-se TAC’s para colonoscopia virtual – de interesse altamente discutível – e para a avaliação das calcificações coronárias – e que depois obrigam sempre a ouros exames para conclusões acuradas. Expomos assim o ADN dos nossos corpos a radiação potencialmente mutante. Já tenho alertado para o facto das mamografias poderem induzir cancro da mama, precisamente aquilo que tentam diagnosticar … irónico! Os estudos mostram que as TAC emitem quatro vezes mais radiação do que o que se pensava, e já era perigosamente elevado. Outro estudo do National Cancer Institute mostra que as TAC contribuem para o aparecimento de 29-000 novos casos de cancro e cerca de 15.000 mortes. A National Academy of Sciences relata que mesmo pequenas doses de radiação X podem causar cancro, progredindo o risco com o aumento das doses de radiação. A TAC total emite uma dose radioactiva de cerca de 900 radiografias pulmonares. As crianças são muito mais vulneráveis à radiação X do que os adultos. Um dos efeitos mais perversos das radiações é a lesão celular das artérias com a consequente aterosclerose, o que é sabido desde 1944. Estima-se que 35% dos casos de cancro da mama sejam causados pela exposição às radiações. Não quer isto dizer que se prescinda de exames de ponta, mas podem ser substituídos pela ressonância magnética e ou pedidos com um critério muito mais apertado. O adequado exame clínico ainda é a melhor hipótese de diagnóstico pois os exmes complementares são isso mesmo … ajudas à história e exame clínicos.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.