Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 16.07.10

DESENHANDO A CURA DO ALZHEIMER

Dr. Luís Romariz

Se uma imagem valer mais do que mil palavras, o Dr. Arnold Bresky acredita num quadro que vale um milhão de memórias. Este consagrado gerontologista tem usado a terapia da arte nos seus pacientes com demência de Alzheimer – e crê ter uma taxa de sucesso de 70% na taxa de qualidade da memória. “Tenho doentes com 96 anos que estão a melhorar a sua memória”, diz Bresky, o qual acredita que ao encorajar os doentes a desenhar e a pintar exercita os seus cérebros e reverte a perda de memória, nem que seja parcialmente.

Na realidade, os testemunhos dos seus pacientes são pungentes e autênticos. O Dr. Bresky desistiu há 12 anos da sua prática de obstetrícia para se dedicarão programa de prevenção da perda de memória, chamado"Brain Tune Up," o qual inclui uma abordagem multidisciplinar, música incluída. O médico diz que o seu programa ajuda estas pessoas a exercitarem a sua memória, melhorando-a. O cérebro trabalha segundo números e padrões, estando os primeiros no hemisfério esquerdos e os últimos no direito. O programa tenta fazer a ligação entre os dois lados do cérebro. Está-se a conseguir que o cérebro produza o crescimento de novas células. A isso chama plasticidade, e já foi demonstrado que o cérebro tem células estaminais capazes de regenerar neurónios e as suas conexões. Conforme já aqui escrevi, doses elevadas de DHA e exercício de caminhada são capazes de estimular essa reserva cerebral.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.