Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dom | 27.06.10

REPENSANDO O EXERCÍCIO

Dr. Luís Romariz

Recentemente, um estudo sobre os benefícios do exercício físico demonstrou que dez minutos de caminhada rápida despoletam alterações metabólicas que perduram pelo menos durante uma hora. Mas quanto mais nos exercitarmos mais benefícios teremos. Como tudo tem conta, peso e medida não deveremos exceder os 60 minutos de jogging. Mais, devemos começar pelos tais 10 minutos e ir avançando na carga e na ingestão de antioxidantes – vitamina C; E, betacaroteno, astaxantina, etc.

 

Os investigadores mediram as alterações bioquímicas no sangue de várias pessoas, e verificaram que as alterações metabólicas após 10 minutos de passadeira rolante ainda eram mensurável ao fim de 60 minutos após trem efectuado este exercício. A medição do consumo de oxigénio – medida indirecta da queima de gordura – estava muito aumentada à medida que o exercício durava mais, e era cerca de dez vezes maior nas pessoas com melhor boa forma.

Já aqui referi os benefícios do treino de alta intensidade em relação aos exercícios com pesos, mas segundo as mais recentes descobertas este tipo de exercício aplicado ao jogging potencia as alterações bioquímicas benéficas do exercício cardiovascular (aeróbico). Assim, durante os dez minutos devemos fazer picos de cerca de 30 segundos de corrida, voltando depois ao passo de marcha. Isto permite não só diminuir imenso a resistência à insulina – afastando-nos assim da diabetes – como aumentar a produção da HGH que é a nossa hormona rejuvenescedora por excelência.

 

1 comentário

Comentar post