Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 11.11.11

NUTRIÇÃO POLITICAMENTE CORRECTA

Dr. Luís Romariz

Há vários mitos que têm sido perpetuados ao longo dos últimos anos em nome do politicamente correcto. Fruto da ignorância de profissionais de saúde – médicos inclusos – segue-se a corrente principal sem se saber o porquê. “Dr. A soja faz bem? Dr. A gordura animal (saturada faz mal? A carne vermelha é péssima para a saúde, correcto?” A todas as questões, quando não sabem as respostas cientificas surge o politicamente correcto. Não se fazem ondas, e fica-se bem na fotografia. O pior – ao contrário da opinião dos nutricionistas - é que o que o médico diz, é lei …

Apreciemos alguns desses mitos:

  • Evite gordura animal/saturada. As gorduras saturadas têm um papel importante no nosso corpo. Promovem a integridades das membranas celulares e aumentam a imunidade. São fundamentais para  termos ossos fortes. Não só não fazem mal ao coração, como este os utiliza preferencialmente como energia.
  • Limite a ingestão de colesterol. O cholesterol alimentar contribui para a integridade da parede intestinal e ajuda as crianças a desenvolverem um cerebro e sistema nervosa saudaveis. Apenas o cholesterol oxidado contribui para a doença cardiovascular (leite e ovos em pó).
  • Aumente a ingestão de gorduras polinsaturadas. Estas quando em demasia contribuem para cancro, doença cardiovascular, auto-imune, problemas intestinais e envelhecimento precoce. É que estes óleos alteram-se facilmente.
  • Evite ingerir carne vermelha. Esta é uma rica fonte de nutrients que protegem o coração nomeadamente o Q10, a vitamina B12 e B6, zinco, fósforo, e carnitina.
  • Corte na ingestão de ovos. Os ovos são o alimento perfeito. A sua gordura é boa para o coração, e o cérebro. Contrariamente ao mito, não fazem aumentar o mau colesterol.
  • Limite a ingestão de gordura a 30% das calorias. Isto é demasiado pouco para a maioria das pessoas, podendo conduzir a fadiga e a hipoglicemia (baixa de açúcar). As dietas tradicionais comportam cerca de 60% das calorias sob a forma de gordura.
  • Ingira apenas carne e leite magros. Isto leva à falta de vitaminas lipo solúveis necessárias à assimilação de proteínas e minerais. Podemos exaurir as reservas de vitaminas A e D.
  • Coma sem sal. O sal é necessário à digestão e assimilação dos alimentos. Também é crucial para o bom desenvolvimento do sistema nervoso.
  • Coma soja e derivados. Os produtos da soja bloqueiam a absorção dos minerais, inibem a digestão das proteínas, deprimem a tiróide e contêm potentes carcinogénios

Isto é ciência. Os estudos a comprovar este facto são muitos. Mas a maioria dos profissionais de saúde não os lê. Ou não consegue chegar à conclusão de que  2+2=4 …!

Ter | 08.11.11

O WHEY PRESERVA O MÚSCULO

Dr. Luís Romariz

Investigadores clínicos demonstraram que mulheres em menopausa e a fazerem dieta em que ingeriam 25 gramas de proteína de soro de leite – whey – duas vezes por dia, mantinham a sua massa muscular e perdiam mais gordura quando comparado com quantidade equivalente de hidratos de carbono.

Quando tentamos emagrecer através de uma dieta isso significa ingerir menos calorias durante um certo período de tempo, pois queremos que o nosso corpo converta gordura armazenada em energia, embora este processo nem sempre seja muito eficiente. Uma vez que é crucial reduzir a ingestão de hidratos de carbono, o corpo deita mão da transformação das proteínas em açúcar para suprir as novas necessidades e manter o nível de energia. Isto é completamente indesejável pois essas proteínas provêm de neurotransmissores necessários a uma eficaz função cerebral, da imunidade, e da massa muscular. A perda de massa muscular também indica que há uma perda de massa óssea. Neste contexto a proteína de soro de leite torna-se numa feramente excepcional para manter a massa magra e permitir uma glicemia estável que proporcione um emagrecimento saudável.

Seg | 07.11.11

PORQUE É QUE UMA MULHER SEM ÚTERO PRECISA DE PROGESTERONA

Dr. Luís Romariz

Frequentemente sou questionado acerca da necessidade de progesterona por parte das mulheres sem útero. È duro de aceitar que a classe médica ainda prega a ideia que uma mulher sem útero não precisa de progesterona, pois o contrário é suportado pela fisiologia, pela bioquímica e pela ciência. Para combater tal ideia basta ver que muitos tecidos, para além do útero,  apresentam receptores à progesterona. Ora se há algo para receber progesterona então é porque ela tem alguma acção. Se tem, então é necessária. Mas também é fundamental perceber que a prescrição de progestinas – análogos sintéticos da progesterona natural – faz aumentar o risco de doença cardiovascular e de cancro. De facto, as progestinas têm muitíssimos efeitos opostos aos da progesterona natural ...!

Esta prática errada resulta na negação de progesterona às mulheres histerectomizadas, negando-lhes os seus efeitos positivos ao nível sistémico. Um olhar rápido sobre a evidência demonstra os efeitos benéficos da progesterona natural. O cancro da mama é a principal preocupação da mulheres, especialmente das que consideram fazer substituição hormonal. Aí a progesterona tem demonstrado ter efeitos preventives. A acção preventiva no crescimento e na diferenciação celulares por parte da progesterona, bem como a sua acção na apoptosis (morte celular programada da células velhas ou pré-cancerosas) é a mesma quer se trate do útero ou das mamas. Assim, deve-se corrigir a ideia de que quem não tem útero não precisa de progesterona, passando-se a dizer “quem não tiver útero e não tiver mamas não precisa de progesterona”. O assassino principal nas mulheres com mais de 50 anos é a doenºça cardiovascular, e a manutenção de um perfil benéfico das gorduras é possível através da utilização de estrogénio. Essa utilização só pode ser compensada pela utilização simultânea de progesterona natural. Assim, também não deverá usar progesterona toda a mulher que não tenha sistema cardiovascular!

Poderia estender este raciocínio à maioria dos órgãos e ossos... mas para os descrentes bastará lerem o tratado médico Speroff’s textbook, Clinical Gynecologic Endocrinology and Infertility.

Seg | 07.11.11

RESTAURE A SUA ENERGIA SEXUAL

Dr. Luís Romariz

O dia do aniversário de casamento pode não ser o que se espera se o desejo sexual estiver ausente. Milhões de Europeus sofrem de diminuição da libido e de stress do trabalho, de criar filhos, etc. e isso faz pagar a factura à medida que envelhecemos nomeadamente na sexualidade. Há alguns truques para restaurar a libido que podem ajudara manter aquela p e irritável, o que em nada contribui para o ambiente do amoraixão de anos idos:

  • Restabeleça os equilíbrios hormonais
  • Relativize os problemas de relacionamento
  • Vença a fadiga
  • Afaste o stress
  • Evite os medicamentos

Equilibre as hormonas. Os desequilibrios hormonais são a maior causa de perda da libido. Muita gente apercebe-se que a testosterona é a hormona que incita à acção, mas outras hormonas como os estrogénios, progesterona e cortisona também têm um papel importante. É o equilíbrio final que dita as regras e que nos mantem interessados nos nossos parceiros. Por exemplo, se a progesterona de uma mulher estiver baixa ela pode-se sentir inchada o que em nada contribui para se sentir sexy! Em ambos os géneros, demasiado estrogénio ou cortisona arruínam a paixão. Estes desequilíbrios, já se fazem sentir pelos menos uma década antes da menopausa.

Coma alimentos saudáveis. Os alimentos lixo da fast-food podem arruinar a sua saúde sexual. Por outro lado chocolate e ostras dão um bom impulso.

Exercício. Se não se exercitar não vai ter energia para o sexo. O exercício produz energia, baixa o stress e aumenta as hormonas sexuais.

Evite o stress. Se acha que o stress está a sabotar a sua vida sexual, então dê-lhe um pontapé... Tente técnicas de relaxamento, ioga, relativize os problemas e as preocupações, faça exercício e acima de tudo... faça o que gosta de fazer.

Inclua algo atrevido. A rotina lesa uma relação. Consulte amigas, especialistas, etc. mas faça algo.

Cuidado com o álcool. Em moderação pode relaxar e favorecer a sexualidade, em demasia arruína-a. Um copo de vinho ou espumante pode fazer maravilhas.

Procure nos medicamentos. Muitos mediicamentos têm efeitos secundários sobre a sexualidade. Confira nas bulas e fale com o seu médico.

Se ainda assim tudo isto for infrutífero, não fique a olhar para ontem. Procure ajuda especializada.

Seg | 07.11.11

AS ARTÉRIAS PRECISAM DE GÁS

Dr. Luís Romariz

Mas não é o tipo de gás em que possa estar a pensar. Este é um gás criado naturalmente pelo revestimento interno das artérias do nosso corpo. E este gás ajuda a manter estabilizada a tensão arterial sem a necessidade de recorrer a medicação, e sem efeitos secundários. Estou a referir-me ao óxido nítrico (NO). Eu explico ... Quando temos uma tensão arterial normal, o coração consegue enviar facilmente o sangue para as artérias, de forma a nutrir os tecidos corporais, pois as artérias são fortes e flexíveis. O revestimento interno das artérias é formado por células (endoteliais) que reagem aos vários estímulos e mantêm a tensão em níveis adequados graças à libertação do óxido nítrico o qual promove o relaxamento muscular arterial. Mas se não houver a produção adequada deste gás, pode levar as artérias a ficarem mais rígidas... e a tensão arterial sobe. A boa notícia é que podemos aumentar a produção deste gás melhorando assim o fluxo sanguíneo de forma natural. E há varias formas de fazer isto:

  • Ingerir mais arginina. Esta é um precursor do NO. Alimentos como os lacticínios, amendoins, nozes e até o chocolate produzem NO. Também pode ingerir arginina sob a forma de suplementos alimentares. Eu recomendo2 gramasantes de cada refeição.
  • Ingira alimentos ricos nos antioxidantes derivados do cacau. O cacau é bom para a saúde várias formas, mas é especialmente bom para o coração. Atenção, cacau não é chocolate, pois este tem açúcar.
  • Faca exercício físico. Este melhoraos níveis de NO por aumentar a enzima responsável pela sua produção chamada NO sintetase.
  • Coma alimentos naturalmente ricosem vitaminas Ce E. Estes nutrientes ajudam a preservar os níveis do NO. Citrinos, brócolos, mirtilos, sementes de girassol, amêndoas e vegetais de folhas verdes.

 

 

Nós reflectimos o estado das nossas arterias, Se cuidarmos delas cuidamos do resto do corpo e manteremos a juventude durante muito mais tempo. As vitaminas D e K são importantes pois impedem a deposição do cálcio nas artérias (arteroesclerose). Por ultimo, o potássio é fundamental para que as artérias se relaxem. A relação sódio (sal de cozinha) versus potássio é tão mais importante para a tensão arterial normal do que a diminuição isolada do sal alimentar.

Sab | 05.11.11

O CHÁ VERDE É UM NUTRIENTE PODEROSO

Dr. Luís Romariz

A comunidade cientifica aceita agora o facto de o chá verde ser uma poderosa ferramenta no combate à gordura por aumentar o metabolismo permitindo assim o emagrecimento. Na última década foram imensos os estudos médicos a provar isto, destacando-se The Effects of Green Tea on Weight Management e Green Tea Extract Supports Weight Loss.

O chá verde e a quercetina (constituinte do complexo vitamínico C) previnem a o encurtamento dos telómeros das células cardíacas, aumentando assim a sua longevidade nomeadamente quando o coração é sujeito a stress. Ao mesmo tempo que baixa a lesão oxidativa pelos radicais livres e melhora o desempenho das enzimas antioxidantes dentro do coração, estes nutrientes demonstraram preservar os telómeros e reduzir a morte das células cardíacas. Uma das características do stress é o encurtamento dos telómeros, um sinal clássico de envelhecimento acelerado.

A ciência por detrás do chá verde continua a aumentar e isso nsão boas noticias.

Sex | 04.11.11

LEVANTE-O DA CADEIRA! ESTAR SENTADO LEVA AO CANCRO

Dr. Luís Romariz

Mais de 90 000 novos casos anuais de cancro nos EUA podem dever-se à inactividade física e a prolongados períodos de estar sentado, segundo uma recente análise. Esta foi apresentada na conferencia anual do Instituto para a Pesquisa do Cancro em Washington, reportando-se a mais de 49 000 casos de cancro da mama e 43 000 do cólon. Isto dá-nos uma ideia mais precisa sobre a dimensão do numero de cancros que poderia ser prevenido, e esta estimativa é muito por baixo. Quanto maior a actividade física, menor o risco de cancro. Um passeio vigoroso de 30 minutos pode ser o suficiente para baixar muito o risco destes cancros em cerca de 30%. Também há evidência que o exercício baixa o risco de cancro do pulmão, próstata e ovário.

Por outro lado num estudo com 123 000 pessoas, as que passavam a maior parte do tempo sentadas tinham o maior risco de contrair cancro. Mesmo que não faça muita aeróbica certifique-se que não está muito tempo sentada. Muita gente está sentada uma média de 9 horas por dia, pelo que o exercício é o melhor instrumento para compensar o risco daí decorrente, pois aumenta a sensibilidade à insulina, reduz a inflamação, as hormonas metabólicas e os esteroides.

Qui | 03.11.11

TIRE TEMPO PARA CUIDAR DOS SEUS PÉS

Dr. Luís Romariz

Você põe-se em cima deles, anda com eles, mas pode esquecer-se de cuidar deles, e isso não é uma boa ideia especialmente se tiver problemas circulatórios ou diabetes. Precisamos de pés saudáveis para permanecermos activos, e fazermos coisas que nos dão prazer. E se eles não estiverem felizes, nós também não estaremos. Mais do que loções ou outros paparicos, é importante por os pés para cima, favorecendo o retorno venoso. Certifique-se de que os seus dedos grandes estão à vontade dentro dos sapatos. Qualquer vermelhidão ou edema persistentes são causa de preocupação, bem como lesões escuras ou escorrências sanguinolentas. É crucial cortar as unhas da forma correcta para não deixar esquirolas nem cantos afilados. Andar a pé é o melhor exercício para os pés, mas com calçado adequado e pés impecáveis.

Qua | 02.11.11

REJUVENESCIMENTO CEREBRAL

Dr. Luís Romariz

A perda de função mitocondrial – mitocôndrias são as centrais energéticas do nosso corpo – é causa e consequência do envelhecimento, produzindo um ciclo vicioso de lesão oxidativa que destrói as células cerebrais. Se por um lado é crucial ingerir antioxidantes, a ciência médica reconhece actualmente que isto é apenas uma parte de uma abordagem mais abrangente da estratégia preventiva do envelhecimento cerebral. Nutrientes essenciais como o PQQ, fundamental para muitas formas de vida, fazem parte dessa estratégia de combate ao envelhecimento cerebral. O PQQ protege a mitocôndria do acumulo de oxidação e estimula o crescimento de novas mitocôndrias, concorrendo para restaurar o estado jovem cerebral.

De igual forma o Ómega-3, especialmente o DHA em altas doses quando associado ao exercício aeróbico intenso, concorre para o rejuvenescimento cerebral.

Pág. 2/2