Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dom | 12.06.11

NIACINA E O MISTÉRIO DA DOENÇA CARDÍACA

Dr. Luís Romariz

Será que a niacina ajuda a abrandar a progressão da doença cardiovascular reduzindo os riscos de morte súbita?

Na semana passada foi anunciado que um dispendioso e numeroso estudo teve de ser finalizado antecipadamente pois os resultados eram demasiado conclusivos: a niacina diminuía de forma clamorosa esses riscos, aumentando o “bom” colesterol HDL e diminuindo os triglicerideos. Mais uma vez as estatinas ficavam para trás na guerra do colesterol.

Mas isto é apenas a ponta do icebergue, pois não há medicamento que nos valha se não alterarmos os nossos estilos de vida – nos quais se radicam as causas da morte cardiovascular – pois as doses necessárias da niacina (vitamina B3) sobrecarregam o nosso fígado. Mais nem sempre é melhor, ou seja, doses baixas  (500 mg) de niacina aliadas a estilos de vida saudáveis dão melhores resultados do que as doses padrão. E mais uma vez devemos notar que as nossas hormonas e a vitamina D são feitas a partir do colesterol; que as membranas da nossas células contêm colesterol; que o colesterol só se torna perigoso quando oxidado – daí a necessidade de termos um bom suprimento de antioxidantes – e que o “mau “colesterol é fruto da ingestão de hidratos de carbono.

Dom | 12.06.11

5 MANEIRAS DE OS HOMENS REDUZIREM OS ESTROGÉNIOS

Dr. Luís Romariz

5 MANEIRAS DE OS HOMENS REDUZIREM OS ESTROGÉNIOS

A FDA anunciou os dados de uma revisão sobre a terapia com inibidores da 5-alfaredutase (AR) no controlo da hipertrofia prostática (Proscar) e da perda de cabelo (Propecia). Esta revisão saliente o facto de haver uma diminuição dos casos de cancro da próstata pouco agressivo, e um aumento dos cancro agressivos. A AR é uma enzima que bloqueia a conversão da testosterona em dihidrotestosterona – muito mais potente e agressiva – a qual pode estimular o crescimento da próstata e associar-se a cancro prostático. A AR também pode causar disfunção sexual, incluindo perda da libido e impotência.

Mas o que é que isto tem a ver com os estrogénios no homem? A testosterona também pode ser convertida em estrogénios, através de uma enzima chamada aromatase. Os inibidores desta enzima que são frequentemente usados para tratar o cancro da mama, têm sido ignorados no tratamento da patologia prostática. Postulou-se que a dominância estrogénica é a causa major da patologia prostática, pois é a partir da altura em que o homem começa a ter baixos níveis de testosterona e aumentos do estradiol, que aparece a doença prostática. Isto mesmo foi publicado no The Journal of Steroid Biochemistry and Molecular Biology em que se chama a atenção para o delicado equilíbrio entre a testosterona e o estradiol na homeostasis prostática. O shomens podem reduzir os seus níveis de estrogénios:

  • Aumentando a massa muscular, pois o musculo promove a produção de testosterona e esta equilibra o efeito do estradiol
  • Perdendo peso, nomeadamente a barriga
  • Evitando os xenoestrogénios como os pesticidas, plásticos, perfumes, etc.
  • Tentando ingerir carnes biológicas, pois as outras são tratadas com estrogénios de forma a aumentar a sua massa
  • Evitando os fármacos que aumentam os estrogénios e que diminuem a testosterona, tais como os bloqueantes H2 (Tagamet, Zantac), benzodiazepinas (Valium, Xanax, etc), alguns medicamentos para o coração (Lanoxin, Norvasc), e alguns antibióticos (ketoconazol, metronidazol).
Sab | 11.06.11

MELHOR SAÚDE: O QUE TEM A SAÚDE A VER COM ISSO?

Dr. Luís Romariz

A massa muscular diminui com o passar dos anos – sarcopenia – e isso conduz a problemas muito sérios. Esta condição degenerativa e insidiosa torna-nos fracos, fragilizados e à beira de lesões graves. Escusado será dizer que compromete imenso a nossa qualidade de vida. Perder massa muscular também reduz a nossa função metabólica baixando o nosso metabolismo. Podemos antever onde tudo isto conduz, não é? Gordura corporal. A partir daqui é sem pré a aviar, isto é, a caminhar para a diabetes, insulino-resistência, doença coronária, hipertensão arterial, fígado gordo, apneia do sono, etc.
Use ou deite fora, é uma expressão muito conhecida na nomenclatura Inglesa e que significa a perda de um órgão ou função por falta de uso. Há pois uma maneira de obter ganho de massa muscular … permanecer activo. E uma maneira certa de a perder … sentar no sofá e nada fazer! O exercício cria um estímulo de crescimento, sem o qual o corpo definha sob a acção de enzimas que destroem o músculo para poder produzir energia, o que eventualmente abranda o metabolismo.

A nutrição também tem aqui um papel primordial, pois a ingestão adequada de proteína proporciona um estímulo ao aumento de massa muscular. Não havendo proteína, o corpo entra em modo de catabolismo. Não é apenas a fraca (quantidade) ingestão alimentar que causa problemas, mas também a qualidade nutricional. E os alimentos processados contribuem imenso para essa falta de qualidade. Assim, como é que vai transformar esta informação em acção de forma a obter uma boa saúde?

 

Sab | 11.06.11

AUMENTO DO RISCO DE COÁGULOS SANGUÍNEOS COM A PÍLULA YAZ / YAZMIN

Dr. Luís Romariz

Numa declaração emitida em 31.05.2011 a FDA informou o publico acerca da segurança das pílulas contendo drospirenona. Avaliou-se o risco de coágulos sanguíneos nas mulheres que tomam estes produtos. Em resposta o director da Bioidentical Hormone Initiative declarou que cada vez mais estudos demonstram um aumento dos riscos da utilização das progestinas – parentes químicos da progesterona, e portanto não humanos – o que não se verifica com a terapia transdermal com estradiol – hormona humana ou bioidêntica associada ou não à progesterona.

Claro que tendo vindo a alertar para os perigos deste tipo de terapia hormonal desde há alguns anos, me congratulo com a declaração da FDA pois é mais um bom argumento para se usar apenas hormonas bioidênticas, isto é, humanas. De vitória em vitória … até à derrota final!

Sab | 11.06.11

TEM CELULITE? GORDURA LOCALIZADA? DÊ UM “TIRO”

Dr. Luís Romariz

A celulite é a vilã que arruína a existência da maioria das mulheres, e quando se associa a gordura localizada então estamos perante um “filme de terror”.

Embora tenhamos a ciência capaz de nos levar à Lua, até agora não conseguimos uma cura permanente para a celulite. A endermologia é agressiva, cara e temporária, e os cremes caríssimos permanentemente publicitados nada fazem. De acordo com investigação recente, 95% das mulheres sofre de celulite. Ora, o que é a celulite?

A celulite é o resultado da combinação de retenção de liquido com aumento de tecido gordo. Tipicamente este seja um problema (embora não exclusivo) feminino que pode afectar mulheres de qualquer idade independentemente do seu peso. Nas mulheres, as células de gordura (adipócitos) da parte inferior do corpo acumulam gordura seis vezes mais rapidamente do que as da parte superior. Também libertam a gordura seis vezes mais lentamente. Isto faz com que a perda de peso/gordura na parte inferior do corpo seja virtualmente impossível sem que a parte superior sofra horrores. A resposta? Dieta NewAge e Lipodissolve – o fármaco tem sido  usado na Europa e na América em injecção nas veias (para dissolver coágulos que ameaçam a vida) desde há mais de 15 anos. Esta técnica tem origem na mesoterapia Francesa e é extraordinariamente eficaz a dissolver as gorduras localizadas e a “evaporar” a pele de laranja associada à celulite. O tratamento estimula a mesoderme, ou camada média da pele, o que ajuda a destruir a celulite. O tratamento derrete a gordura subcutânea via micro injecções indolores e quebra a rede de tecido conectivo fibroso responsável pela retenção das células de gordura – o que se traduzem celulite. Simultaneamente, os princípios activos vasodilatadores da mistura terapêutica forçam a drenagem linfática melhorando o aspecto regional, o que poderá ser maximizado com posteriores massagens de drenagem linfática e radiofrequência.

Obviamente que tudo isto será potencializado ao máximo sob uma alimentação proteinada de baixa carga glicémica.

Nos casos extremos de sobrepeso, podemos incluir uma dieta de Blackburn potenciada pela HCG.

Sex | 10.06.11

O CHÁ VERDE MELHORA A QUALIDADE DA PELE E PROTEJE CONTRA A RADIAÇÃO SOLAR

Dr. Luís Romariz

Um estudo efectuado durante 12 semanas mostrou que os antioxidantes do chá verde são capazes de melhoraras características da pele incluindo a sua elasticidade, macieza e hidratação. Adicionalmente notou-se menor lesão solar.

Sabemos que vários tipos de antioxidantes tendem a acumular-se na pele o que ajuda a protege-la da radiação UV solar. O licopeno (caroteno abundante nos tomates) é um dos exemplos, bem como os componentes do complexo vitamínico E. Estudos prévios apontavam para a possibilidade do chá verde proteger a pele, e agora há a evidencia clara disto acontecer nos humanos.

O estudo também mostrou que o chá verde aumenta o fluxo sanguíneo na pele, sendo isto evidente 30 minutos após a sua ingestão. De cada vez que aumentarmos a circulação sanguínea na pele a qualidade desta será melhorada. O contrário, caso das fumadoras, é demasiado evidente e certamente que todos nós conhecemos exemplos!

Mais uma vez convem recordar que há dois tipos de envelhecimento cutâneo:

  • Foto-envelhecimento provocado pela radiação solar UV.
  • Envelhecimento intrínseco provocado por todos os outros factores sistémicos, como glicação, stress, desequilíbrios hormonais, oxidação, etc
Claro que podemos usar algumas estratégias para combater estes dois tipos de envelhecimento. Certo, é que é dificil fazer penetrar na pele íntergra (daí a necessidade de exfoliar antes de hidratar) os principios activos rejuvenescedores.
Uma boa solução consiste em utilizar a técnica de nappage e introduzir micro gotas de vitaminas, HA (ácido hialurónico), e outras substâncias nutrientes na camada mais superficial da nossa pele. Este processo, que é completamente indolor proporciona resultados acima de qualquer previsão optimista. E há uma super razão para este resultado fabuloso - é que um dos constituintes do cocktail de vitaminas é uma substância que melhora centenas de vezes a microcirculação sanguínea cutânea. 
Seg | 06.06.11

UM PEQUENO-ALMOÇO RICO EM PROTEÍNA MANTÉM A FOME AFASTADA

Dr. Luís Romariz

Quem estiver familiarizado com a dieta NewAge sabe que a primeira regra consiste em ingerir um pequeno-almoço proteico. Tenho explicado que uma refeição rica em proteína aumenta a taxa metabólica em mais do que 30% nas 12 horas seguintes diminuindo a libertação de insulina a um mínimo, baixando as ânsias por comida. Novos estudos apontam para a eficácia deste tipo de alimentação especialmente em raparigas adolescentes. Algumas nem tomavam pequeno-almoço, outras ingeriam uma média de18 gramas de proteína e outras cerca de50 gramas. Usando tecnologia de ponta mediu-se a actividade dos neurónios em resposta a imagens de alimentos, antes do almoço. Descobriram que uma refeição proteica reduzia a actividade cerebral ligada às ânsias pelo prazer da comida – um problema nas pessoas com excesso de peso. De facto, numerosas regiões cerebrais mostraram estabilidade funcional em resposta a um pequeno-almoço proteico, indicando que a proteína extra ajudava ao controlo do apetite e a uma melhor relação mental com a comida. Toda a gente sabe que é importante ingerir o pequeno-almoço, mas muitas pessoas ainda não o acham uma prioridade. Ainda assim é fácil para uma adolescente com pressa ingerir50 gramas de proteína fazendo rapidamente um batido de whey – proteína de soro de leite. Esta proteína não só controla o apetite, como ajuda a ganhar músculo, e melhora o metabolismo das gorduras e do colesterol, bem como a imunidade.

 

Qui | 02.06.11

Cara Colega

Dr. Luís Romariz

Citando Elaine Iunes Pernetti <elaine.iunes@hotmail.com>:Boa tarde,
Sou médica brasileira, especialista em Ginecologia e Geriatria e estou começando a trabalhar com Anti-aging e orientar minhas pacientes.
Há contatos no Brasil para especializações?
Como está a regulamentação da Medicina Anti-idade na Europa?
Obrigada,
Elaine

Boa tarde
Cara colega, na Europa ainda não há um colégio de especialidade nesta área. Somos os pioneiros em Portugal, e estamos a estudar uma proposta de franchising por parte de uma colega de Brasília. Caso ache interessante queira entrar em, contacto conosco.
Do colega ao dispor
Luis Romariz

Qui | 02.06.11

A HCG PODE SER A RESPOSTA PARA OS PROBLEMAS DE PESO

Dr. Luís Romariz

A Primavera está aí e não podemos mais cobrir as gorduras com casacos compridos ou largos. Temos de encarar a nossa aparência e voltar a por os nossos corpos em forma. Então, como podemos resolver o problema do excesso de peso de forma rápida e eficaz? A resposta é muito clara. Faça uma dieta proteinada de rotura e algum exercício físico. O lipodissolve consegue fazer “milagres” sobre as gordurinhas renitentes e em pouco tempo. Mas e se mesmo assim não for possível? Embora seja desanimante, não é razão para atirar a toalha ao chão. Manter-se jovem e esbelta com um corpo escultural dentro de bikinis fabulosos ainda é a meta de muitas mulheres, independentemente da sua idade. Para isso é preciso interiorizar que a 2ª maior razão do excesso de peso é a falência hormonal. A perda de estrogénios, progesterona e testosterona no climatério e na menopausa inicia um ciclo vicioso de aumento de peso que em muitos casos se torna impossível de quebrar. O declínio da tiróide – muito comum – é o senhor que se segue e apenas aumenta o tamanho das ancas e da barriga.

O que poderá resultar é a ajuda de um médico experiente em hormonas e em emagrecimento, que a possa guiar passo-a-passo. O primeiro passo consiste em fazer andar para trás o relógio do tempo hormonal. Para isso usamos as hormonas humanas – bioidênticas – estradiol, progesterona, testosterona, tiróide, etc.

O segundo passo é a “receita mágica” – uma dieta proteinada personalizada, saudável e bem desenhada, Esta dieta permite perder muito peso – gordura – em pouco tempo. A parte “mágica” desta dieta consiste na aplicação da gonadotrofina coriónica humana – HCG – a qual obriga o hipotálamo (a nossa super glândula) a mobilizar as células de gordura, convertendo-as em combustível.

O resultado é que a gordura derrete-se literalmente. Uma pequena aplicação indolor desta hormona permite diminuir o apetite, evitando a fome constante e preservando a massa muscular, cumprindo uma dieta de perda calórica. A duração desta dieta pode variar entre 23 e 47 dias, permitindo uma diminuição de pelo menos dois números no tamanho do vestuário. Mas cuidado pois tudo isto tem de ser efectuado obrigatoriamente sob supervisão médica.

Pág. 2/2