Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Seg | 16.05.11

Caro Luis

Dr. Luís Romariz

Tenho 31 anos e em Julho de 2009 realizei uma TC Cranio e em Janeiro de 2011 uma TC Coluna Cervical.
Nestas alturas desconhecia o perigo de uma TC, julgando q fosse apenas 10x mais do que uma radiografia simples. Agora fiquei bastante assustado e um pouco pensativo sobre a forma como alguns médicos passam exames algo potencialmente nocivos sem conhecer o histórico "radioactivo" dos seus pacientes.
Pode esclarecer-me que potenciais perigos terei eu acima de alguém que não fez TAC algum durante o resto da minha vida? Se soubesse disto mais cedo questionava os médicos sobre a possibilidade de fazer uma RM ao invés de uma TAC. Se é uma questão de preço devem questionar o paciente, pois eu estou disposto a pagar 1000€ por uma RM do que 1€ por uma TAC, caso o TAC tenha perigos e a RM não. Saúde SEMPRE à frente do dinheiro. 

Fico grato pela vossa iniciativa de esclarecimento.

 

 

Com os meus cumprimentos,

Luís Silva

Caro Luis, o maior perigo prende-se com leucemias e cancros. Mas embora o efeito seja cumulativo, pode sempre minimizar com a suplementação generosa de antioxidantes. Claro que infelizmente o dinheiro eos custos vão à frente ... mas é a sociedade em que vivemos!
Luis Romariz

Seg | 16.05.11

Olá Ana

Dr. Luís Romariz

Olá. Eu sou a Ana. De momento não estou a fazer esforço nenhum para perder peso mas já o fiz durante Anos. Estive perto de 13 meses a ir ao Ginásio e fazer entre 2-3 horas de exercício diárias e a fazer uma alimentação saudável (continuo com a alimentação saudável apesar de ter pouco apetite) a verdade é que em todo esse tempo o máximo que aconteceu é o meu peso oscilar200 gramas(muito provavelmente por causa da água). Tenho 94 quilos e200 gramas(neste momento), e independentemente da alimentação que tenha não aumento nem diminuo o meu peso. (a não ser em raras ocasiões em que desce e sobe abruptamente sem quaisquer alterações nos meus hábitos). Estive a pensar que muito provavelmente a minha gordura é na sua maioria subcutânea e que poderá ser esse facto que impede que eu perca peso. Pensei que talvez uma lipoaspiração não invasiva me pudesse ajudar (pelo menos a perder Gordura no Peito que é onde a maior parte da gordura está acumulada). Não quero cirurgias invasivas porque as cicatrizes me iriam impedir de praticar desporto durante algum tempo e tem poucas vantagens relativamente a lipoaspiração não invasiva.

Ana, quanto mede? E qual é a sua idade?

Fazer exercício durante tanto tempo é mau! Quanto ao seu conceito de alimentação saudável, qual é ele? E as suas hormonas, como estão? E os “colesteróis”?

Qual é a sua composição corporal? E quais são as medidas das suas pregas cutâneas? E os perímetros?

Quanto à lipoaspiração não invasiva, acredite, quase de certeza, será uma decepção. O problema é que provavelmente a boa parte da sua gordura seja interior. Para a gordura exterior temos nós maneiras simples, testadas e eficazes, e baratas.

Seg | 16.05.11

Cara Carla

Dr. Luís Romariz

 

Olá Dr.!  Sou a Carla, desde já peço desculpa por estar a incomodá-lo.Mas de facto estou ansiosa pela resposta do Dr., em relação ao e-mail anterior.  Estou a seguir as Suas instruções em relação à toma do Ómega 3 e GLA,  mas estou a sentir desconforto abdominal que começa ao inicio da  tarde e se prolonga até à manhã do dia seguinte. O desconforto é  essencialmente inchaço abdominal.  O que é que me aconselha, tendo em conta também, o e-mail anterior?  Obrigada pela sua Preciosa Atenção

Olá Deve tomar os ómegas com as refeiçóes. Pode usar o truque de os ter no frio de forma a tolerar melhor. Se não resultar experimente o Biogaia 5 gotas em jejum.

Seg | 16.05.11

"ENTEROTIPO"

Dr. Luís Romariz

NTEROTIPO"Todo o ser humano serve de senhorio a milhares de diferentes espécies de micróbios. Mas os cientistas estão a constatar que há três diferentes ecossistemas microbianos intestinais no nosso intestino. Os três “enterotipos” não estão relacionados com etnia, género, peso, saúde ou idade. Uma hipótese é que os intestinos das crianças sejam colonizados aleatoriamente por diferentes espécies de micróbios pioneiros, os quais alteram o ambiente intestinal de tal maneira que apenas certas espécies de micróbios lhes podem suceder. Os micróbios intestinais ajudam a digerir os alimentos e a sintetizar vitaminas … O “enterotipo 1” produz mais enzimas para fabricar a vitamina B7 (conhecida por Biotina), enquanto o “enterotipo 2” produz mais enzimas para fazer a vitamina B1 (tiamina). Isto é interessante pois permite aspirar a personalizar a alimentação baseados no “enterotipo” gastrointestinal.

Seg | 16.05.11

IMAGIOLOGIA E CANCRO DA MAMA

Dr. Luís Romariz

A prescrição de mamografias declinou a seguir às recomendações da força de intervenção dos EUA que diz que as mulheres quarentonas não precisam de mamografias anuais. Os estudos sugerem que cada vez menos os médicos prescrevem anualmente este exame, e que menos pacientes neste grupo etário estão a efectuar as mamografias.

Em Novembro de 2009, aforça de intervenção para os rastreios passou a recomendar a mamografia de dois em dois anos apenas para as mulheres acima dos 50 anos de idade (50 aos 74). O facto é que as mamografias têm menor capacidade de rastreio nas mulheres mais jovens. Entretanto, cada vez mais estudos apontam para a alternativa chamada termografia. Naturalmente, a indústria da imagem aplicada à medicina está furiosa com esta declaração. Para clínicas que estão apenas vocacionadas para este tipo de rastreio pode ser ruinoso, mas o facto é que as mamografias emitem radiação capaz de iniciar um cancro da mama...! Esteja pois atenta – já tenho partilhado com as leitoras a informação acerca da segurança e especificidade das mamografias – pois estudos publicados em prestigiadas revistam médicas apontam para falhas graves nos resultados destes exames. O que a indústria da imagem médica não quer que se saiba é que as mamografias têm falta precisão e que podem ser perigosas:

  • Os riscos da radiação emitida pelas mamografias de rotina são cumulativos (aumentam com o passar do tempo) e podem causar cancro da mama, de acordo com a Caneco Prevention Coalition
  • A radiação X de baixa energia emitida nas mamografias resulta numa lesão substancialmente maior do AND do que se previa, e sugere Segundo o BreastCancerFund.org que o risco de cancro da mama foi subestimado
  • Vários especialistas discutem sobre o trauma derivado da compressão mamária, com possibilidade de rotura de quistos, derivado deste exame

A alternativa talvez passe pela realização de termografia, exame em que se faz uma fotografia de infravermelhos para detectar o calor das zonas tumorais, a qual é indolor, viável, não invasiva, e segura.

Dom | 08.05.11

Cara C. Figueiredo

Dr. Luís Romariz

Entendo a sua ansiedade, mas estou um pouco apertado de espaço na net e de tempo - estou em França a fazer um curso de medicina estética - pelo que lhe responderei melhor na 3ª feira. Entretanto tome um GLA ao peq. almoço e um ómega 3 ao almoço e ao jantar.

Dom | 08.05.11

Cara L. Santos

Dr. Luís Romariz

Acho que a relação peso/altura não será das mais desproporcionadas.

No entanto, seria muito informativo fazer uma análise de composição corporal.

Acho a TSH um pouco elevada o que pode apontar para um hipotiroidismo subclínico. Se fosse a si procurava ajuda médica para esclarecer o quadro e conjunctamente com uma ecografia tiroide e anticorpos anti-tiroideus saber o que fazer.

Quanto à alimentação procure o mínimo possivel de HC excepto os da fruta e legumes.

Dom | 01.05.11

Cara L. Santos

Dr. Luís Romariz

Em Dezembro passado,o meu filho de 11 anos foi a pedido da pediatra fazer análises.Alguns valores vieram no limite, tais como colesterol assim como o cortisol.Ele tem peso a mais..isto é 1.55cm e 60 kilos. Gostaria de saber,especificamente, o que poderei fazer a nível de algum alimento ou suplemento que pudesse tomar que ajudasse a estabilizar o valor. Será que me poderia dar alguma indicaçaõ?

Com melhores cumprimentos,

L. Santos

 

Olá

Não sei como estão os valores da tiroide, nomeadamente a TSH, T3 e T4 livres. Raramente a obesidade infantil corresponde a um problema hormonal mas sim a um problema alimentar. Penso ser útil fazer uma determinação da composição corporal para sabermos à partida quantos quilos de massa gorda ele tem , e qual a percentagem no total.

Depois tambem preciso saber do que ele gosta e não gosta de comer, nomeadamente chocolate, legumes e fruta.

Dom | 01.05.11

Cara leitora

Dr. Luís Romariz
Bom dia Dr. Romariz
Eu também a ver o programa do Dr. Phil ouvi falar nas hormonas bioidenticas. Fiquei ainda mais surprendidida quando ouvi falar nos sintomas. Tenho 33 anos e uma filha de 3 anos, desde o nascimento dela tenho uma constante queda de cabelo, durmo mal, tenho alterações de humor, alguma falta de apetite sexual,um cansaço extremo, enfim. E para ajudar fui operada à 1 ano e meio a um carcinoma papilar da tiróide. Faço à cerca de seis meses tricovivax 3 vezes por semana e uma cápsula de cistitone por dia mas parece não ajudar muito. Por fim tenho spotting, já consultei inúmeros médicos e experimentei quase todas as pílulas do mercado mas nada parece ajudar. Será que me pode ajudar. Obrigada
Cara leitora
O que relata deve estar relacionado quer com um deficite de progesterona, quer com um desequilibrio tiroideu.
Deverá fazer análises, por volta do 21º dia do seu ciclo, ao estradiol, progesterona, DHEA, cortisol, SHBG, testosterona livre, FSH e LH, TSH, T3 e T4 livres.

Pág. 2/2