Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Qui | 12.11.09

COMO MELHORAR O SISTEMA IMUNE

Dr. Luís Romariz

Tem cometido um destes comuns crimes contra a sua saude que lhe podem custar uma acentuada diminuição da imunidade?

Pare imediatamente! 

Verifique a seguinte lista e veja se está a sabotar o seu sistema immune de qualquer uma destas formas … Só quando reconhecer estas ameaças, é que poderá fazer aumentar a sua imunidade.

Crime #1:  Tem comido açúcar e alimentos processados? O açúcar diminui a sua imunidade quase que instantaneamente, e como deverá saber, um sistema inune robusto é crucial para manter a nossa saúde. Tenha plena consciência que o açúcar está presente nos alimentos mais insuspeitos, como molho de tomate e sumo de frutos.

Crime #2:  Descansa o suficiente todas as noites? Se o seu corpo estiver sobre fatigado, o seu sistema imune poderá funcionar menos bem.

Crime #3: O stress está a arruinar a sua vida? Todos nós enfrentamos algum stress diariamente, mas em excess o strees pode causar efeitos adversos graves no sistema imune.


Crime #4: Tem-se esquecido de fazer exercício regularmente?  Um programa abrangente de exercicio fisico é a melhor estratégia para aumentar a imunidade.Quando treina aumenta o seu fluxo sanguíneo, pelo que a sua imunidade tem uma melhor hipótese de efectuar o seu trabalho.

Crime #5: Costuma sair do banheiro sem lavar as mãos? Lavar as mãos é a chave para ajudar o sistema immune a funcionar melhor. O objective é remover a maioria dos microorganismos, pois são sempre precisos alguns para desafiar o sistema immune.

Crime #6: Faz uma alimentação equilibrada? Uma dieta saudável ajuda o noso sistema immune a trabalhar mais eficazmente.

Crime #7: Tem descurado o aparelho digestivo? A evidência cientifica mostra que 80% da imunidade reside no trato digestive. Ingira um probiótico de alta qualidade (Biogaia) e muita fibra solúvel (prebiótico).

Estes são alguns dos erros que pode cometer e capazes de lhe causar uma diminuição do desempenho immune. NÃO SE ESQUEÇA QUE A VITAMINA D É CRUCIAL PARA A IMUNIDADE. Teste a sua 25-Hidroxivitamina D e suplemente se necessário.

O nosso sistema imune é um sistema de defesa complicado e fantastic que nos mantém saudáveis e fortes, protegendo o nosso corpo das agressões ambientais. No entanto faça o que fizer, às vezes o sistema imune é posto à prova.Os radicais livres são moléculas instáveis e destrutivas que resultam do facto de consumirmos oxigénio, e podem aumentar em número devido ao stress, má alimentação e tóxicos ambientais.

Em resumo, os radicais livres têm a capacidade de diminuir a resposta immune. As lesões pulmonares do virus da gripe A são preveníveis por antioxidants. Assim o que podemos fazer para melhorar esta situação?Bem, nós já produzimos antioxidantes para neutralizar os radicais livres. À medida que envelhecemos eles diminuem, estimando-se que aos 40 anos sejam 50% do normal e que piore com a idade. Então precisamos de ingerir antioxidantes.

Apostem na proteína de soro de leite, na N-acetilcisteína, na vitamina C e E, no ácido lipoico e na astaxantina (10.000 mais poderosa que o betacaroteno. 

Qua | 11.11.09

SAÚDE ORAL E CORAÇÃO

Dr. Luís Romariz

Para além dos efeitos nocivos do stress sobre a nossa saúde, incluindo a saúde oral, a Academia Americana de Periodontologia associa a doença periodontal (gengivas) à doença cardíaca. Uma das teorias para explicar esta relação é que as bactérias gengivais podem entrar na corrente sanguínea, ligando-se a placa de gordura nas artérias coronárias e contribuindo para a formação de trombos.

A doença coronária é caracterizada por um engrossamento das artérias, provocado pela deposição de gordura, que leva a estreitar o seu calibre. Adicionalmente os trombos podem obstruir o fluxo sanguíneo, restringindo a quantidade de nutrientes e oxigénio necessários ao bom funcionamento cardíaco. Isto pode conduzir a um ataque cardíaco.

Outra razão possível é que a inflamação causada pela doença das gengivas pode contribuir para a formação da aterosclerose – o que me parece mais credível. Os cientistas descobriram que as pessoas com doença periodontal têm o dobro do risco de sofrer das coronárias. Outros estudos associaram esta patologia à trombose cerebral.

Trate pois da sua saúde oral para ter um corpo saudável. 

Qua | 11.11.09

TEM CONSCIÊNCIA DOS EFEITOS MALÉFICOS DO FUMO PASSIVO?

Dr. Luís Romariz

Mesmo que não fume, esteja atenta aos efeitos maléficos do fumo passivo – os quais são consideráveis:

  • O fumo passivo, também conhecido como fumo de tabaco ambiental, é uma complexa mistura de gases e partículas que incluem o fumo dos cigarros queimados e do ar exalado.
  • Este fumo contém cerca de 250 químicos tóxicos, incluindo mais de 50 capazes de causar cancro.
  • Doença cardíaca e cancro do pulmão em adultos não fumadores.
  • Não fumadores expostos ao fumo têm um aumento do risco de doença cardíaca de cerca de 30% e de cancro em cerca de 25%.
  • As pessoas que já tiveram um ataque cardíaco são particularmente vulneráveis ao fumo passivo.
  • Causa problemas respiratórios nas crianças, e atrasa a sua maturação pulmonar.
  • Aumenta a taxa de morte súbita infantil e de asma.
  • Mesmo uma exposição breve pode ser perigosa.

Uma nota final sobre os efeitos ao nível da pele. Um estudo efectuado em finais de 2002 mostrou que as rugas faciais, embora ainda não visíveis, podem ser vistas ao microscópio nos fumadores, mesmo quando têm só 20 anos de idade…! 

Ter | 10.11.09

LIPASE HORMONO SENSÍVEL

Dr. Luís Romariz

Lipase hormono sensível. Tomem nota do nome desta “senhora” pois ela poderá ser a vossa melhor amiga. Há diversas enzimas e hormonas sobre as quais se pode actuar – umas por inibição, outras por activação – tendo em vista o controlo da obesidade. Mas uma vez que o mal esteja feito só esta “senhora” nos pode valer.

Então o que é que a LHS faz? Mobiliza os depósitos de gordura acumulada, hidrolisando os triglicéridos – forma de armazenamento da gordura – libertando assim ácidos gordos livres que podem ser consumidos pelas centrais energéticas celulares chamadas mitocôndrias.
Esta, conforme tenho referenciado inúmeras vezes, é a única forma de nos podermos ver livres da gordura. Daí a minha convicção de que a lipoaspiração não-invasiva ou liposhaper não poder funcionar, isto é, os ácidos gordos livres só podem ser eliminados na mitocôndria – através do exercício – e não podem ser eliminados nas fezes em quantidades apreciáveis, e muito menos na urina ou suor! Mas vamos conhecer melhor essa “senhora”, a LHS. Esta enzima é activada pela adrenalina quando o nosso corpo precisa de mobilizar as reservas energéticas.
E o que é que bloqueia esta enzima? A insulina. Isto é, enquanto houver insulina no receptor celular não há activação da LHS, portanto não há a mínima hipótese de perder gordura. Nem que a vaca tussa, como dizem no Brasil!
Mais, esta é a razão porque quem faz exercício e ingere snaks ou bebidas energéticas não consegue perder gordura nem ganhar massa muscular
Neste caso qual deverá ser a estratégia para activar a LHS? Ter um intervalo de tempo entre refeições suficientemente longo, ingerir uma carga glicémica inferior a 15 – eliminar portanto os doces, pão, batata, massa – fazer uma alimentação proteinada e nunca comer após o jantar pois isso permite um jejum de 12 horas, o qual limpa a insulina do nosso corpo.
Dom | 08.11.09

A EXPOSIÇÃO CRÓNICA À POLUIÇÃO DO TRÂNSITO CAUSA DEMÊNCIA

Dr. Luís Romariz

A demência é caracterizada por uma perda progressiva de actividades como a memória, comportamento, personalidade, atenção, linguagem, e outras capacidades intelectuais. A doença de Alzheimer é a forma mais comum, e a idade é o factor de risco com maior peso

Ulrich Ranft, da Universidade de Heinnrich-Heine (Alemanha), e colaboradores estudaram um grupo de 399 mulheres, com idades compreendidas entre os 68 e os79 anos, as quais viveram mais de 20 anos na mesma morada. Estudando a exposição a longo prazo às partículas microscópicas (uma maneira de medir a poluição do ar), e testando as suas capacidades intelectuais, os cientistas chegaram à conclusão que as capacidades cognitivas (do pensamento) estavam diminuídas de forma directamente proporcional à poluição inalada segundo o padrão de proximidade ao trânsito urbano.  A equipa concluiu queos resultados indicam que a exposição crónica à poluição do trânsito urbano pode estar envolvida na patogénese da doença de Alzheimer. Isto não é de estranhar pois a poluição ambiental provoca um aumento brutal no stress oxidativo, e o cérebro é particularmente sensível à oxidação pelos radicais livres. Neste contexto os antioxidantes lipofílicos como a vitamina E ou o ácido alfalipoico podem ser extremamente valiosos.
Dom | 08.11.09

SABIA QUE O CHOCOLATE PODE SER BENÉFICO?

Dr. Luís Romariz

Embora se mantenha o mito de que o chocolate provoca a acne, na realidade o chocolate não só sabe como faz bem.

O chocolate tem inúmeros benefícios para a nossa saúde, De facto, o único mal que se pode apontar ao chocolate é o facto de estar frequentemente associado elevados níveis de açúcar e de gorduras trans (margarinas). Contudo, se escolher o chocolate que contém 85% de cacau (veja no rótulo), estará a usufruir dos supremos “doces” benefícios do chocolate sem ingerir no entanto demasiado açúcar.
Alguns dos benefícios do chocolate incluem:
  • O Chocolate contem elevados níveis de compostos fenólicos – poderosos antioxidantes que combatem a lesão celular que pode levar a doenças crónicas como a cardiovascular, o cancro e Alzheimer.  
  • O Chocolate eleva os níveis de endorfinas e serotonina – os mediadores cerebrais do bem-estar.
  • O Chocolate negro contém níveis altos de crómio, um elemento que já se provou ser útil no controlo da glicemia (açúcar no sangue).
Portanto vá em frente, “peque” um pouco. O meu conselho é que o faça no fim de uma refeição, de forma a minimizar o impacto do açúcar ao nível do pâncreas. O seu cérebro, o seu corpo e o seu paladar agradecer-lhe-ão!
Sex | 06.11.09

COMO A FIBRA E A FLORA “AMIGÁVEL” REDUZEM A INFLAMAÇÃO

Dr. Luís Romariz

Os cientistas fizeram uma descoberta da maior importância ao entender como é que a fibra e os probióticos (flora intestinal amigável) proporcionam benefícios significativos a problemas de carácter inflamatório como a colite, a asma, e a artrite.

A fibra alimentar é fermentada no cólon distal pela flora “amigável”, resultando numa produção de ácidos gordos de cadeia curta (SCFAs). A nova descoberta consiste em que estes SCFAs se ligam ao receptor das células da imunidade chamados G-protein-coupled receptor 43 (GPR43). Foi demonstrado que quando estes GPR43 são activados pelos SCFAs então a inflamação é controlada. E inversamente, quando os GPR43 não são activados então a inflamação persiste. Isto é uma descoberta extremamente importante.

O significado disto é que se ingerirmos suficiente fibra alimentar e probióticos então teremos uma produção aumentada de SCFAs que ajudam a regular as células do sistema imune a não produzir sinais inflamatórios.

Por outro lado, dietas ricas em açucar e outros alimentos-lixo criam um desequilibrio intestinal, tal como a utilização repetida de antibióticos. Esta situação promove um sobre crescimento de H. Pylori ou Candida albicans.  A inflamação do revestimento intestinal pode por sua vez conduzir a penetração de micróbios invasores e assim perpetuar o ciclo.

É correcto o ponto de vista de que a fibra e os probióticos (Biogaia) são uma terapia anti-inflamatório, não só no sistema digestivo mas de uma forma sistémica.  

Qua | 04.11.09

OSSOS, VITAMINA E & INFLAMAÇÃO

Dr. Luís Romariz

Um estudo recente mostra que a vitamina E, e particularmente a forma conhecida como gama tocotrienol, ajuda a formar ossos mais fortes e biomecanicamente mais resistentes.

Os autores concluíram, “A suplementação com vitamina E, especialmente com o isómero gama, melhora a estrutura óssea, o que contribui para ossos mais fortes. Consequentemente, a vitamina E tem o potencial para ser utilizada como um agente anabolizante no tratamento da osteoporose ou como um suplemento ósseo para adultos jovens de forma a prevenir uma osteoporose futura. Este novo estudo alinha com três estudos anteriores que consideram a vitamina E como um nutriente que apoia a saúde óssea. Os estudos anteriores apontam para uma redução da inflamação óssea conducente à perda de massa óssea, e assiste no processo de calcificação do osso.

Embora os tocotrienois sejam frequentemente usados para propósitos cardiovasculares e cerebrais, também são um nutriente fantástico no que toca à saúde óssea. 

Ter | 03.11.09

VITAMINA C + ViTAMINA E ASSOCIADAS A DIMINUIÇÃO DA MORTALIDADE

Dr. Luís Romariz

Um artigo publicado no American Journal of Epidemiology revela os resultados de um estudo conduzido por cientistas do Fred Hutchinson Cancer Research Center demonstrou que as vitaminas C e E diminuíam o risco geral de mortalidade num período de cinco anos, em relação com as pessoas que não tomavam estes suplementos.

Gaia Pocobelli e col. Avaliaram os dados dos participantes dos estudo Vitaminas e Estilos de Vida. O)s participantes que relataram ter usado estas vitaminas tinham um risco de morte diminuído em relação aos outros participantes. Quando a mortalidade era examinada pelas causas, o uso do multivitamínico estava associado com um risco cardiovascular 28% menor.  

Ter | 03.11.09

METFORMINA DIMINUI O RISCO DE CANCRO DO PÂNCREAS

Dr. Luís Romariz

Num recente artigo publicado no jornal Gastroenterology, cientistas da Universidade do Texas investigaram o efeito das terapias antidiabéticas sobre a diminuição do risco de cancro do pâncreas.

Durante um período de quatro anos, de 2004 – 2008, o estudo envolveu 973 doentes com adenocarcinoma pancreático (incluindo 259 diabéticos) e 863 pessoas no grupo de controlo (com 109 diabéticos). O risco de cancro pancreático foi calculado por análise recessiva. Os dados mostraram que os pacientes que tomaram metformina tiveram um risco 62% menor de cancro pancreático comparado com os que não tomaram o fármaco.