Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 24.04.09

DOENÇAS DAS UNHAS

Dr. Luís Romariz

As unhas das mãos e as dos pés protegem os tecidos dos dedos. São feitas de camadas de um material proteico chamado queratina – que também está presente no cabelo e na pele. A saúde das unhas pode dar indicações sobre a saúde em geral. (ver post sobre este assunto)

Os problemas específicos das unhas requerem muitas vezes tratamentos, estando neste caso incluídas as infecções por bactérias e por fungos – de tratamento difícil – bem como tumores e verrugas. Manter as unhas bem cortadas, limpas e secas ajuda a evitar problemas de difícil solução. NÃO remova a cutícula – processo corrente quando se arranja as unhas – pois este processo abre as portas às infecções, podendo ser muitas vezes o princípio do fim das unhas…

 

Sex | 24.04.09

SOL E INFLAMAÇÃO

Dr. Luís Romariz

 

Recentes estudos mostram que os níveis de vitamina D nas mulheres saudáveis está inversamente correlacionado com o TNFα – factor de necrose tumoral alfa – que é um potente sinal sobre o sistema imune no sentido de induzir a resposta inflamatória. Isto levanta um pouco de véu de como a falta de vitamina D está relacionada com tantos problemas de saúde. Interessante é sabermos que o TNFα está em excesso quando temos sobrepeso, Então uma falta desta vitamina e o excesso de peso faz entrar numa espiral de inflamação que conduz à doença degenerativa.
Devo salientar que a paranóia e fobia solar do pensamento médico vigente tem resultado num aumento de diversos tipos de cancro, precisamente por falta de vitamina D. O disparate dos protectores solares só tem beneficiado as farmacêuticas. Goze o banho de sol – a sua saúde pode depender dele!
Sex | 24.04.09

PERNAS PESADA LIGADAS AO SOBREPESO

Dr. Luís Romariz

 

À medida que aumenta de peso também aumenta o risco de ter o sindroma das pernas sem descanso. Este sindroma cria depois um desconfortável estado de insónia, acordando cansada no dia seguinte e com vontade incontrolável de comer. A adesão a um bom programa de perda de peso poderá corrigir o problema, pois este sindroma terá a ver com o desgaste dos nervos nas pessoas com sobrepeso. Nutrientes como a quercetina, cálcio, e acetil-carnitina, tomados durante o dia ajudam a melhorar a saúde dos nervos, pelo que a situação tende a melhorar durante a noite. O cálcio parece ser o suplemento que mais ajuda a relaxar para o sono, se tomado à noite. Este sindroma é resultado de demasiada inflamação nos nervos.
Qui | 23.04.09

REGENERAÇÃO DE CÉLULAS DO CORAÇÃO

Dr. Luís Romariz

Os cientistas descobriram que o corpo humano pode regenerar as células cardíacas a uma taxa de cerca de 1% ao ano, o que poderá um dia vir a tornar desnecessário o transplante cardíaco.

O estudo efectuado em 50 voluntários, aumenta a esperança de poder vir a estimular artificialmente este processo. “Seria uma maneira de estimular e ajudar o coração a uma auto-reparação, em vez do transplante,” disse Jonas Frisen do Sweden’s Karolinska Institute.

As células cardíacas param de se dividir muito precocemente na vida. Heart cells are unusual in that they stop dividing early in life. Os médicos sabiam que havia células matrizes no tecido cardíaco, mas usualmente este forma uma cicatriz após uma lesão nunca se regenerando completamente. Este método de pesquisa – através do carbono 14 – mostrou que os corações dos voluntários eram “mais novos” do que os pacientes.

O meu comentário: incluímos o coração no rol dos vários tecidos, incluindo o cerebral, com potencial para a regeneração. Mais uma vez sou levado a pensar que estamos no limiar de uma nova era que nos vai fazer pasmar perante o aumento da longevidade. Façamos tudo o que está ao nosso alcance para poder chegar em forma a essa nova era e beneficiar dos seus avanços!

Qui | 23.04.09

COMER VEGETAIS AJUDA A SUA PELE…

Dr. Luís Romariz

Não ficará surpreendida ao constatar que os seus pais tinham razão! Comer uma grande variedade de vegetais, particularmente os que são ricos em vitamina A, C e E (como espinafres, cenouras, pimentos vermelhos e tomates), assegura que a sua alimentação seja rica em antioxidantes. Estes compostos desempenham um papel muito importante na manutenção da saúde em geral, incluindo a pele em particular. Os antioxidantes são substâncias que providenciam um efeito protector celular contra a actividade dos radicais livres (oxidantes). Estes são moléculas produzidas quando o nosso organismo processa os alimentos, ou é exposto a poluentes ambientais como o fumo e a radiação, entre outros. Os radicais livres causam lesão celular, e estão implicados na génese do envelhecimento – nomeadamente no envelhecimento da pele causado pelo sol – no cancro da pele e noutras doenças. Se possível ingira vegetais de cultivo biológico.

 

Encorago-a/o a colocar questões sobre qualquer dos temas abordados, ou outro que ache de seu interesse!

Qui | 23.04.09

BEBIDAS ENERGÉTICAS

Dr. Luís Romariz

Peritos em medicina dentária colocaram dentes em recipientes quer com água, quer com bebidas “desportivas” para comparar os efeitos ao fim de 90 minutos, e chegaram à conclusão que as bebidas energéticas causam corrosão bem evidente que pode resultar em severa lesão dentária se não for tratada. A lavagem dos dentes imediatamente após a ingestão das bebidas energéticas pode aumentar o problema, porque o ácido cítrico contido nestas bebidas amolece o esmalte tornando-o mais frágil à escovagem. As bebidas energéticas proporcionam vendas de biliões publicitando benefícios – melhor desempenho, mais energia e melhor hidratação – que não correspondem à realidade. Mas não dizem que elas são 30 vezes mais agressivas para os dentes do que a água. Estas bebidas têm uma grande acidez, de forma a aumentar o seu prazo de validade, podendo induzir uma acidose metabólica de baixo grau se consumidas frequentemente. Esta leva à lesão óssea e muscular, precisamente o contrario do pretendido. As marcas lideres têm muito sódio (sal) e muito açúcar normalmente sob a forma perniciosa de xarope de frutose de milho. Os que estão a fazer exercício com o propósito de perder gordura devem saber que o açúcar contido nas bebidas energéticas bloqueia o gasto celular de gordura. Um estudo efectuado pela Universidade de Berleley nos EUA demonstrou que os estudantes que ingerem bebidas destas diariamente podem aumentar de peso ao fim de um ano cerca de 6 quilos!

Adicionalmente, estas bebidas provocam um desequilíbrio hormonal que compromete a nossa saúde a médio prazo. Outras, substituem a frutose por adoçante o que ainda é pior. O seu conteúdo desajustado em electrólitos só piora a saúde, a menos que se sue profusamente.

Mas afinal de contas estas bebidas nunca são úteis? São boas apenas para quem as vende...E se vir atletas em competição a tomar destes produtos, isso não significa que seja bom mas apenas que há muita ignorância!



 

Qua | 22.04.09

A OMNIPOTÊNCIA DOS ÓMEGA-3

Dr. Luís Romariz

Desde a saúde cardíaca até a uma melhor função cerebral, reduzindo os riscos de cancro até à melhoria do humor, há alguma coisa que os ómega-3 não façam?

Os principais ácidos gordos ómega-3 são o ácido eicosapentanoico (EPA) e o decosahexanoico (DHA). Estes tipos de ácidos gordos têm benefícios diferentes. Embora o ALA (ácido alfalinolénico) contido nas sementes de plantas possa ser convertido em EPA, esta conversão é realmente muita pequena (cerca de 8 a 20%). A conversão para DHA (o principal constituinte da massa cerebral) é ainda menor (0.5 a 9%). A mulher em idade reprodutiva tem uma taxa de conversão destes ácidos gordos 2.5 vezes maior do que o homem. Esta conversão é fundamental para a saúde cardiovascular, pois todos os estudos demonstram um risco cardiovascular diminuído entre as pessoas que consomem boa quantidade de EPA e DHA. Melhoram o ritmo cardíaco e reduzem o risco de um segundo ataque cardíaco. Nas pessoas com insuficiência cardíaca reduzem o risco de mortalidade em cerca de 10%.

A segunda área de maior pesquisa sobre estes ácidos gordos é a do funcionamento cerebral, sabendo-se que eles – especialmente o DHA – melhoram o desempenho cerebral e previnem a degradação cerebral associada à idade. Um estudo feito pelo Dr. Martek reporta que há uma melhoria na doença de Alzheimer com a suplementação de DHA (Journal of Neuroscience, April 2007, Vol. 27). Em relação ao humor sabe-se que o EPA e o DHA são capazes de melhorar o humor e o comportamento. Estes ácidos gordos têm sido muito utilizados, e com sucesso – em doses altas – na depressão (May 2008, Vol. 87, pp. 1156-1162). Estudos mostram diminuição da taxa depressão em 50% com a ingestão de 1 grama de EPA, de forma análoga ao uso de fluoxetina (Prozac).

Quanto ao cancro, os estudos epidemiológi8cos reportam o uso potencial dos ómega-3 na prevenção de cancro da mama, próstata e coloractal.

Estes ómega-3 podem também ter um importante papel na manutenção da saúde dos olhos e na redução da degenerescência macular, a causa major de cegueira após os 50 anos. Sabemos que estes ácidos gordos, particularmente o DHA têm um importante papel nos nervos da retina.

É evidente o papel destes ómega-3 durante a gestação, permitindo uma criança com melhor saúde e com melhor cérebro (The Journal of Pediatrics, March 2008, Vol. 152, pp. 356-364.e1).

Pondere pois a possibilidade de suplementar a sua alimentação com óleo de peixe de alta qualidade, e repare na questão da qualidade/preço. Provavelmente ficará mais económico o peixe de cultura suplementado com ómega-3. No entanto nada se equipara com o consumo de sardinha, cavala, etc.

Ter | 21.04.09

PROTEJA OS OLHOS DO SOL ...

Dr. Luís Romariz

Não se esqueça dos óculos de sol! A exposição aos raios de sol pode levar a cataratas e a degeneração macular a longo prazo. Os olhos, tal como a pele, são muito susceptíveis à radiação ultravioleta, e o potencial para lesão por UV está presente ao longo do ano. A falta de calor é decepcionante, mas o índex UV pode permanecer alto mesmo no inverno. Já sabemos que os UV podem ser UVA e UVB, sendo estes últimos inexistentes no Inverno – para efeitos de produção da vitamina D. Os UVA são extremamente perigosos pois penetram fundo na pele, e por conseguinte também nos olhos. Procure uns óculos que protejam dos UVA. Mais uma vez, nem sempre o que é caro é o mais eficaz…

Ter | 21.04.09

ENSINE A SUA MEMÓRIA

Dr. Luís Romariz

 Ter uma boa memória não depende da inteligência mas sim de como usamos o nosso cérebro. Além disso, podemos melhorar a memoria aprendendo alguns truques e estratégias simples. A utilização de uma mnemónica para estimular a memória ligada à visualização já é conhecida há muito tempo. Os cientistas sabem que isto activa uma parte do cérebro conhecida como hipocampo, a qual está envolvida na memória espacial. Podemos melhorar a memoria utilizando estratégias que aproveitam certas partes do cérebro. Isto pode inclusive fazer recuperar a memória aos que sofreram traumatismos. Muitas vezes, após estudarmos afincadamente durante a noite parece que tudo se evapora de manhã.  O ritmo cerebral circadiano (durante as 24 horas do dia) afecta os ciclos naturais corporais, tais como o sono, o despertar, taxa metabólica e tensão arterial; contudo, a pesquisa sugere que o relógio circadiano pode regular a formação da memória durante a noite. Quando treinada forma-se memória de longo prazo durante o dia , mas dificilmente durante a noite; a memória de curto prazo forma-se igualmente durante o dia ou durante a noite, provando que o circuito molecular cerebral, num determinado período da noite inibe a formação de memória a longo prazo. Adicionalmente, o glutamato – envolvido na formação da memória – possibilita às pessoas a lembrança. A memória acontece nas sinapses nervosas – zonas de ligação entre neurónios – onde as células comunicam umas com as outras através de da libertação de mediadores químicos. Para que isto funcione devidamente estes mediadores têm de ser imediatamente dissipados para que os receptores fiquem livres para nova utilização. É como numa corrida de estafetas em que um atleta só testemunho se tiver as mãos livres. O glutamato faz esta limpeza transportando as moléculas durante o período de aprendizagem e de formação de memória de longo prazo. Os lapsos de memória ocorrem quando as deficiências no transporte no glutamato afectam as ligações dos neurónios responsáveis pela memória.

O sono profundo ajuda a solidificar a memória. A informação colhida durante o período de vigília é profundamente alterada, reestruturada e fortalecida durante o sono, e isto está dependente do nível da actividade do sono não REM (com movimentos rápidos dos olhos).

Em conclusão, aprenda durante o dia e descanse profundamente à noite. Suplemente a sua dieta com proteína de soro de leite, N-acetilcistina, DHA e magnésio. Faça uma caminhada diária de 20 minutos e evite o stress a todo o custo

Ter | 21.04.09

O DHA REGULA A FUNÇAO INFLAMATÓRIA DOS GENES

Dr. Luís Romariz

Quanto mais sabemos acerca do DHA – ácido decosohexanoico contido no óleo de peixe – mais importante se nos afigura a sua função. Um estudo recente demonstra a acção anti-inflamatória deste ácido gordo, especialmente na IL6, regulando o gene de transcrição das células imunes que de outra forma produz inflamação. Este achado é importante dado que a produção de IL6 (e TNFα) pela gordura armazenada é um mecanismo primário pelo qual a obesidade gera doença inflamatória.

Os cientistas descobriram que o DHA inibe a resposta do gene responsável pela amplitude desta inflamação. Em macrófagos (tipo de glóbulo branco) tratados com DHA durante 6 a 8 semanas, houve uma menor actividade da IL6. A ciência moderna continua a provar a extrema importância dos ácidos gordos Ω-3 na nossa alimentação e na regulação da saúde. Este nutriente esteve sempre presente na nossa alimentação, embora em concentrações maiores.