Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Qui | 30.04.09

VITAMINA B12

Dr. Luís Romariz

A vitamina B12 é conhecida como a “vitamina da energia,” e é essencial para muitas funções críticas do nosso organismo, incluindo a produção de energia, função imune, e formação dos glóbulos vermelhos. Ilações recentes sobre o estudo de Framingham, nos EUA, mostram que 1 em 4 adultos tem deficiência neste nutriente vital e quase metade da população tem níveis sanguíneos sub óptimos. A vitamina B12 encontra-se APENAS nos tecidos animais – uma das razões pela qual os vegetarianos puros não são 100% saudáveis. Esta insuficiência pode conduzir a uma função comprometida do sistema nervoso, saúde dos olhos incluída.

Há duas formas de se ser insuficiente nesta vitamina, o que acontece à medida que a idade aumenta:

·       Ingestão deficiente

·       Absorção comprometida

A libertação desta vitamina dá-se a partir do ácido clorídrico do nosso estômago. O uso de antiácidos e de medicamentos anti-úlceras gástricas diminuem a capacidade para absorver a vitamina B12. A infecção pelo Helicobactor pylori, um implicado nas úlceras estomacais, pode contribuir para a insuficiência. Contudo a principal razão para a deficiência é a diminuição do chamado factor intrínseco, uma proteína produzida pelo estômago e que facilita a absorção pelo intestino delgado. A vitamina B12 ajuda o ácido fólico a regular a formação das células do sangue, e ajuda a regular o ferro. Adicionalmente, ela é necessária para uma boa digestão, absorção dos nutrientes, para o metabolismo dos hidratos de carbono e das gorduras, e para a saúde dos nervos.

Mas não é tudo…a B12 interfere na formação das células e na sua longevidade. Mais, suporta a função reprodutora nas mulheres, e promove o normal crescimento e desenvolvimento nervoso. É essencial para a produção das supra-renais, e portanto para o combate ao stress e para a imunidade. É crítica para a memória e para o humor.

Muita gente evita as carnes vermelhas por uma variedade de razões. Se for uma dessas pessoas, está em risco de ter uma insuficiência em vitamina B12. Quanto à suplementação oral ela é mal absorvida, e é necessário cálcio para melhorar a absorção. Claro que a suplementação intramuscular tem efeitos fantásticos nos doentes. Mas é injectável...A B12 tem um papel vital na produção da melatonina, a hormona do sono, e relógio biológico.

Se comermos bastante carne, fígado, ovos, leite, lacticínios ou mariscos – e ainda assim houver insuficiência em B12 – é porque temos falta de factor intrínseco. Neste caso iremos precisar de suplemento de B12. Resumindo, a insuficiência em vitamina B12 pode conduzir a :

 

  • Cansaço e fraqueza...
  • Função nervosa sub-óptima...
  • Saude ocular deficiente...
  • Perda de apetite e perda de peso indesejável...
  • Obstipação e timpanismo ocasionais...
  • Alterações do humor...
  • Má memória...
  • Tendência para o nervosismo...
  • Pobre saude hepatica e cardíaca...
  • Cabelos brancos prematuros...*

Peça ao seu médico para fazer um doseamento desta vitamina e aconselhe-se com ele quanto a uma necessidade de suplementação.

Qua | 29.04.09

GRIPE SUÍNA

Dr. Luís Romariz

Hoje, sabemos perfeitamente que vamos ter um surto de gripe A dentro de cerca de 2 a 3 meses. Cerca de 20% da população irá ser atingida. Mas em que é diferente esta gripe? É uma gripe "não humana" isto, é , iniciou-se nos suínos e depois teve uma mutação que a tornou capaz de infectar os humanaos, daí ainda não termos defesas imunit+árias contra o H1N1. Esta gripe ao contrário das outras ataca os jovens.

P: O que são a “gripe suína” e a “gripe das aves”?

A gripe é uma doença causada pelo vírus influenza. Humanos, porcos, aves, e outros animais podem ser infectados pelo vírus da influenza. Tipicamente, este vírus afecta apenas uma espécie, portanto o vírus da influenza humana é diferente dos das outras espécies. Contudo, um vírus pode infectar às vezes mais do que uma espécie. Por exemplo, os porcos podem ser infectados não só pelo vírus da gripe suína, mas também pelo da gripe das aves. Estes vírus passam a ter genes comuns às várias espécies que infectaram. É o que acontece com o vírus desta epidemia, que já infectou as aves e os porcos.

P: Estas viroses são perigosas?

Muitas vírus que causam as epidemias nos animais têm dificuldade de passar de um humano para outro: não causam epidemias. Às vezes, contudo, alterações nos genes do vírus permitem essa passagem e eles tornam-se muito agressivos – quanto mais não seja pela novidade imunológioca. Os vírus humanos têm algumas parecenças uns com os outros pelo que as pessoas têm alguma imunidade prévia. No caso da gripe suína, não há imunidade prévia.

P: Quão grave poderá ser a pandemia?

A pandemia mais grave dos tempos modernos aconteceu entre 1918 e 1919. Afectou mais de 40 milhões de pessoas em menos de 1 ano. A economia mundial entrou em recessão. A esperança média de vida diminuiu 10 anos.

P: Esta gripe pode ser transmitida entre humanos?

Infelizmente, esta gripe suína pode ser transmitida entre os humanos quer pela tosse, quer pelos espirros e mesmo por contacto entre as mãos. Se é um facto que nos EUA todos recuperaram, o mesmo não se aplica aos mexicanos onde já há várias mortes. A maioria dos casos de mortes por epidemias de gripe acontece nas crianças, nos idosos e nos doentes. Contudo, as mortes no México ocorreram em jovens saudáveis. Em 1918/1919 aconteceu o mesmo…

P: Há tratamento?

Contrariamente à gripe de 1918/1919, actualmente há medicamentos antivírus —oseltamivir e zanamivir. O tratamento será mais efectivo se administrado nos 2 primeiros dias da ocorrência dos sintomas. Assim, dá tempo para diagnosticar a doença e evitar a paranóia da corrida aos hospitais. Não há vantagem em utilizar o medicamento antes dos sintomas, antes pelo contrário – pode criar resistência ao fármaco. NÃO HÁ VACINA PARA ESTA GRIPE.Só em Dezembro.

 

P: Como saber se estamos infectados?

Os sintomas iniciais são os mesmos das outras gripes: febre alta, tosse, dores musculares, rinorreia (escorrência nasal) e dores de garganta. Pode ocorrer náusea (vontade de vomitar), vómito e diarreia.

P: Como havemos de nos proteger?

Faça os mesmos procedimentos que faria para outra gripe:

  • Lave ou use produtos à base de álcool, frequentemente.
  • Quando encontrar as pessoas não aperte as mãos nem dê beijos.
  • Evite o contacto com pessoas infectadas.
  • Tape a boda ou o nariz com um lenço se espirrar ou tossir.

A nutrição e os conceitos naturais de saúde trabalham em harmonia para sustentar o sistema imune. Os vírus podem replicar no nosso aparelho digestivo, pelo que os antiácidos dobram o risco de se contrair a doença, uma vez que os ácidos estomacais ajudam a matar os vírus. O consumo de álcool e de açúcar deve ser reduzido, dado que ambos levantam problemas de digestão e de imunidade. Especialmente se ingeridos fora das refeições. Estaremos a desviar energia fundamental – para mais uma digestão – para combater os vírus.

É a altura ideal para ingerir os probióticos. Aumentam as nossas defesas a nível intestinal e a nível sistémico. Eu tomo o BIOGAIA na dose de 5 gotas em jejum – para quem não o faz é melhor tomar 2 vezes por dia – o qual está à venda nas farmácias (não se esqueçam de o manter no frigorífico). Outro suplemento necessário está nas proteínas de soro de leite (whey). Elas fazem parte das imunoglobulinas (a nossa defesa contra micróbios), e permitem que tenhamos uma capacidade de saúde muito boa para poder enfrentar um desafio. Há várias no mercado, mas a mais económica e sem contaminantes é o Higth Whey permormance da GARNELL. Vende-se em Portugal – é uma questão de irem à net e pesquisarem. Pode ser tomado com fruta e/ou leite, podendo nesse caso substituir uma refeição. A manteiga tem na sua constituição um ácido gordo – a. laurico – que é microbicida.

Classicamente a vitamina C, dose de 1 grama duas vezes ao dia, e a quercetina ajudam a combater os vírus respiratórios. Como o sistema imune necessita de energia extra para combater os vírus, não se esqueça de comer de forma apropriada e de tomar um polivitamínico com magnésio – o magnesium B por exemplo. Muitas plantas evoluíram desenvolvendo defesas naturais contra os vírus, o que podemos usufruir em proveito próprio. Vegetais e frua são classicamente aconselháveis. Orégãos e açafrão são boas escolhas. Já agora, não se esqueça de beber muita água. Dado o facto de estarmos a entrar numa época quente, será mais fácil combater o vírus. Seria pior se estivéssemos no Inverno.

Em resumo, pode fazer muito pelo seu sistema imune de forma a estar preparada para fazer face á pandemia, se ela se vier a verificar. Lembre-se de que estamos evolucionária e naturalmente preparados para combater os vírus! JÁ SABEM, SE TIVEREM DÚVIDAS PERGUNTEM E EU TENTAREI RESPONDER.

P: Durante quanto tempo se pode contagiar?

Pelo menos durante 7 dias desde o inicio dos sintomas; no caso das crianças pode ir aos 14 dias.

P: Pode ser infectado por ingerir carne de porco?

NÃO.

P: Que restrições haverá no nosso dia-a-dia?

Se houver uma pandemia global deverá haver restrições às viagens para os países de risco (alguns governos já o fizeram). Deverão ser encerradas as escolas e todos os locais de afluência de público que não sejam prioritários. Todos os que tebham sintomas deverão ficar em casa.

Quais são esses sintomas?

Para os adultos, jovens e crianças dos  3 aos 12 anos, os mais problemáticos são:

  • Dificuldade em respirar
  • Vómito persistente
  • Confusão
  • Tonturas

Previna-se, e enfrente a situação com serenidade. O pânico faz alastrar a doença! APANHEM BANHOS DE SOL CONFORME AS MINHAS RECOMENDAÇÕES, POIS ESTÁ PROVADO QUE UM BOM NÍVEL DE VITAMINA D DIFICULTA A PROGRESSÃO DA GRIPE.

Qua | 29.04.09

OS TOP MENOS DA PELE

Dr. Luís Romariz

Cuidado com as mãos!

Pense em tudo o que entra em contacto diariamente com a sua pele: as suas mãos, os dedos dos seus filhos, algodão de limpeza, toalhas, pincéis de maquilhagem, telefones, etc. Uma lista de elementos em que, a menos que os desinfecte antecipadamente, vão transmitir os microrganismos associados para o seu rosto. Estes micróbios vão alterar a sua pele e podem criar infecção. Mantenha-os afastados, lave as suas mãos frequentemente, e use toalhas lavadas ou descartáveis.

 

Lavagem do rosto

Embora não deva lavar o seu rosto frequentemente durante o dia, nada de mais prejudicial à sua pele do que lavar com o produto errado. A frequência depende do seu tipo de pele, mas lembre-se que a acumulação de poeira e gordura pode obstruir os poros e provocar lesões tipo acne. Pelo menos lave o rosto à noite com um líquido biológico de limpeza que tenha ácido láctico.

 

Olhos

A pele debaixo dos olhos é muito delicada e precisa de gordura, pois tem falta de glândulas sebáceas. Formulações próprias manterão a pele óptima e retardarão o envelhecimento.

 

Não esprema as borbulhas

Pode ser uma prova da força de vontade não espremer uma borbulha, mas o facto é que se a espremer pode arruinar irremediavelmente o seu rosto. Uma borbulha está cheia de bactérias, células mortas e sebo. O acto de espremer pode afundar este material profundamente na pele.

 

Mantenha o equilíbrio

Não subestime os efeitos do cigarro, do stress e da alimentação. Fumar dificulta a circulação sanguínea na pele, aumenta a produção de radicais livres e predispõe ao cancro. Para não falar das típicas rugas supra-labiais. 

 

O pepino é um adstringente natural. Misture sumo de pepino com leite e utilize como leite de limpeza.

Para pele muito oleosa aplique uma mistura de uvas, limão e clara de ovo. Deixe actuar 20 minutos e enxagúe com água tépida. Não se alarme se a sua pele parecer esticar!

Qua | 29.04.09

BEBIDAS DE VERÃO

Dr. Luís Romariz

 Sol, verão, praia – e obviamente uma bebida refrescante.Que mais se pode pedir numa semana quente de verão? Só que há um pequeno problema: quem abusa das caipirinhas, sumos e refrigerantes torna-se vítima da ingestão de “montanhas” de calorias. Mesmo os aparentemente inócuos sumos naturais de fruta têm uma enorme capacidade para nos fazer ganhar gordura. Tudo or causa de uma coisa clamada índice glicémico. Este mede a velocidade de transferência do açúcar para o sangue. Quanto maior for a velocidade mais se estimula a insulina, e esta é a hormona do armazenamento…

 

Quando a temperatura ambiente ultrapassa os 30ºC só um banho de piscina ou um duche frio nos aliviarão o calor, para além de uma bebida gelada claro. Caso contrário começamos a suar profusamente. Claro que a melhor bebida é a água, mas esta tem um sabor insípido pelo que facilmente somos atraídos por outras bebidas nomeadamente a cerveja. Contudo o álcool tem 7 cal por grama, mais do que o açúcar ou do que a clara de ovo. Para alem disso, a cerveja tem um índice glicémico elevado.

Mais difícil de entender, em relação ao álcool, é o malefício dos sumos naturais – autenticas bombas de vitaminas – pois estão repletos de frutose e têm um alto índice glicémico – CUIDADO COM O QUE SE BEBE NOS GINÁSIOS. Um copo de sumo de laranja tem as mesmas calorias do que uma coca-cola! Se misturarmos um copo de sumo de maçâ com água mineral na proporção de 1:3 ficamos com uma bebida de 65 cal, o que é aceitável. Melhor será um chá bem frio mas sem açúcar.

Ter | 28.04.09

AERÓBICA MODERADA FAZ PERDER A BARRIGA

Dr. Luís Romariz

 A inflamação proveniente da gordura abre o caminho para graves problemas de saúde. Um estudo recente demonstra que com apenas três sessões de aeróbica moderada por semana se pode fazer diminuir a inflamação crónica ou de baixo nível, reduzir a deposição de gordura no fígado, e mirrar a barriga.

“Os cientistas sabem agora que a obesidade está associada a inflamação sistémica de baixo nível. As pessoas com sobrepeso têm níveis circulantes de citocinas inflamatórias, tais como a proteína C-reactiva, mais elevados do que os que têm peso normal – pois estas são produzidas e segregadas pelas células de gordura. Esta inflamação despoleta posteriormente doença sistémica como a diabetes tipo II e a doença cardíaca. O exercício aeróbico é conhecido por condicionar os receptores da leptina – hormona saciante produzida pelas células de gordura – de forma a torná-los mais sensíveis à sua acção.

Imagine o impacto que terá na saúde efectuar 30 minutos de exercício aeróbico por dia…

Ter | 28.04.09

GRIPE SUÍNA

Dr. Luís Romariz

 Este artigo pretende contribuir com alguns conselhos úteis para poder fazer frente à pandemia de gripe suína que se avizinha. Uma intervenção rápida ajudará o nosso sistema imune a cumprir o seu papel!

Se acha que pode ter a gripe não recorra imediatamente ao serviço de urgência, consulta aberta, SAP, etc. Poderá com esta atitude intempestiva – não tendo a gripe – contrair a doença num desses locais. Tenha em atenção que a gripe é uma virose – portanto nem pense em tomar antibióticos – cuja sintomatologia se caracteriza por febre alta (39º a 41º C), mialgias (dores musculares) e cefaleias (dores de cabeça). Pode haver associação de outros sintomas como tosse, dores de garganta, etc. Este vírus parece ser sensível ao tamiflu – antivírus. Claro que o ideal seria que o pudéssemos tomar imediatamente em caso de suspeita forte. Infelizmente, as doses armazenadas não dão para todos e assim deverá ser distribuído aos grupos de risco – idosos, doentes imunodeprimidos, cardíacos, pessoal da saúde, etc. Procure o seu médico em caso de forte suspeita, mas procure fugir dos possíveis locais de contacto - onde houver muitas pessoas, especialmente em locais fechados.

A nutrição e os conceitos naturais de saúde trabalham em harmonia para sustentar o sistema imune. Os vírus podem replicar no nosso aparelho digestivo, pelo que os antiácidos dobram o risco de se contrair a doença, uma vez que os ácidos estomacais ajudam a matar os vírus. O consumo de álcool e de açúcar deve ser reduzido, dado que ambos levantam problemas de digestão e de imunidade. Especialmente se ingeridos fora das refeições. Estaremos a desviar energia fundamental – para mais uma digestão – para combater os vírus.

É a altura ideal para ingerir os probióticos. Aumentam as nossas defesas a nível intestinal e a nível sistémico. Eu tomo o BIOGAIA na dose de 5 gotas em jejum – para quem não o faz é melhor tomar 2 vezes por dia – o qual está à venda nas farmácias (não se esqueçam de o manter no frigorífico). Outro suplemento necessário está nas proteínas de soro de leite (whey). Elas fazem parte das imunoglobulinas (a nossa defesa contra micróbios), e permitem que tenhamos uma capacidade de saúde muito boa para poder enfrentar um desafio. Há várias no mercado, mas a mais económica e sem contaminantes é o Higth Whey permormance da GARNELL. Vende-se em Portugal – é uma questão de irem à net e pesquisarem. Pode ser tomado com fruta e/ou leite, podendo nesse caso substituir uma refeição. A manteiga tem na sua constituição um ácido gordo – a. laurico – que é microbicida.

Classicamente a vitamina C, dose de 1 grama duas vezes ao dia, e a quercetina ajudam a combater os vírus respiratórios. Como o sistema imune necessita de energia extra para combater os vírus, não se esqueça de comer de forma apropriada e de tomar um polivitamínico com magnésio – o magnesium B por exemplo. Muitas plantas evoluíram desenvolvendo defesas naturais contra os vírus, o que podemos usufruir em proveito próprio. Vegetais e frua são classicamente aconselháveis. Orégãos e açafrão são boas escolhas. Já agora, não se esqueça de beber muita água. Dado o facto de estarmos a entrar numa época quente, será mais fácil combater o vírus. Seria pior se estivéssemos no Inverno.

Em resumo, pode fazer muito pelo seu sistema imune de forma a estar preparada para fazer face á pandemia, se ela se vier a verificar. Lembre-se de que estamos evolucionária e naturalmente preparados para combater os vírus! JÁ SABEM, SE TIVEREM DÚVIDAS PERGUNTEM E EU TENTAREI RESPONDER.

Seg | 27.04.09

APETIE

Dr. Luís Romariz

 

Quer dominar o seu apetite e parar com os assaltos aos doces ou salgados? Ponha estes ingredientes na sua lista de supermercado.
Trinta biliões anuais é quanto os americanos gastam em produtos para emagrecer, a maior parte dos quais não resulta. Invista algum dinheiro nestes superalimentos.
1. Ovos. São repletos de proteína, a qual ajuda a estabilizar o açucar no sangue.
2. Feijões. A colecistoquinina é um supressor natural do apetite e uma maneira de a aumentar é comendo feijões. Para além disso têm boa concentração de proteína e fibra que ajuda a baixar o colesterol.
3. Saladas. Podemos controlar a ingestão calórica investindo numa boa salada. O segredo está na quantidade capaz de nos fazer deixar de ter apetite.
4. Chá verde. O ingrediente que faz emagrecer não é a cafeína, mas sim as catequinas que são potentes antioxidantes. Estas aumentam o nosso metabolismo pelo que gastamos mais energia. Fazem baixar o colesterol LDL – o mau colesterol.
5. Peras. São ricas em fibra solúvel. Esta fibra, a pectina ajuda a perder peso.
6. Sopa. Uma canja de galinha ajuda a diminuir o apetite.
7. Bife magro. O aminoácido leucina que é abundante nas proteínas da carne. Comer cerca de 200 gramas por dia ajuda a perder peso.
8. Azeite. Ajuda a queimar calorias, especialmente se ingerido ao pequeno-almoço, pois aumenta o metabolismo.
9. Canela. Ajuda a controlar a insulina pós-prandial, que nos faz ter fome.
10. Vinagre. Tem alto poder saciante, Para alem disso atrasa a entrada do açúcar dos hidratos de carbono no sangue.
11. Frutos secos. Ricos em proteína e em gordura saudável são muito saciantes. Aumentam o metabolismo. 
12. Pimentos. A capsaína dos pimentos ajuda a suprimir o apetite.  
Dom | 26.04.09

AVISO AOS ATLETAS – COMAM COMIDA VERDADEIRA

Dr. Luís Romariz

Alguns nutricionistas defendem que as bebidas e as barras energéticas não representam a melhor maneira de implementar a força e a agilidade, em vez disso defendem a ideia de que devemos “ouvir” o nosso corpo e comer alimentos naturais, preferencialmente biológicos. O Dr. Mark Tarnopolsky e o Dr. Stuart Phillips ambos quarentões e atletas activos de aerobica, mas nada a favor da ingestão destes tipos de produto, dando preferência a agua e a alimentos tradicionais. Os atletas deverão prestar atenção aos alimentos com que se sentem melhor após os treinos.

O exercício é uma das mais potentes ferramentas que temos ao nosso alcance para baixar os níveis de insulina. Isto é importante porque uma insulina alta é causa de hipertensão arterial, hipercolesterolemia, diabetes e obesidade. Mas os alimentos ingeridos são igualmente importantes para manter controlados os níveis de insulina e de leptina. E embora os atletas façam exercício, muitas vezes fazem más escolhas alimentares capazes de lhes prejudicar o desempenho físico e a saúde. O facto é que os hidratos de carbono altamente refinados e com altos teores em açúcar são mais propensos à deterioração muscular e articular e também estão mais propensos a lesões desportivas.

Sab | 25.04.09

VEGETARIANISMO E OBESIDADE

Dr. Luís Romariz

Um estudo publicado na edição de Abril do Journal of the American Dietetic Association, mostra que muitas adolescents e o dobro dos jovens que foram vegetarianos declararam ter usado meios não saudaveis para controlar o seu peso corporal, em comparação com os que nunca foram vegetarianos. Estes meios incluiram “pílulas” de dieta, laxantes, e diuréticos e até o recurso ao vómito para tentar manter o peso.

Há um lado negro no vegeratianismo, disse o Dr. David L. Katz - o qual não teve qualquer papel no estudo -  director do Centro de Pesquisa para a Prevenção da Universidade de Yale. Os adolescentes vegetarianos eram mais propensos a desvios da alimentação, enquanto por outro lado muitos optavam pelo vegetarianismo como meio pouco “doloroso” de emagrecer. Actualmente sabemos que uma dieta equilibrada, com suficiente aporte proteico de qualidade, e com uma grande quantidade de vegetais e frutos é muito saudável.

O vegetarianismo, ou uma alimentação baseada nas plantas, pode ser recomendada aos adolescentes se for controladamente suplementada sob supervisão médica, sendo uma opção muito perigosa se tomada livremente.

De qualquer forma, da maneira como as coisas estão qualquer melhoria na dieta dos adolescentes será bem-vinda. De qualquer forma convem não esquecer as causas médicas para o aumento de peso:

·         Stress crónico

·         Sindroma de Cushing

·         Hipotiroidismo

·         Sindroma do ovário poliquistico

·         Síndroma X

·         Depressão

·         Alterações hormonais na mulher  

Todos os intervenientes na saúde dos jovens, desde os pais aos seus médicos assistentes devem estar cientes dos perigos das dietas intempestivas procurando arranjar uma solução, antes de se depararem com um grande problema.

Sab | 25.04.09

AS UVAS PREVINEM A LESÃO CARDIACA

Dr. Luís Romariz

O extracto de uvas melhora a saúde cardiovascular através de vários mecanismos de acção. Um novo estudo demonstra que adicionalmente ao efeito de baixar a tensão arterial, as uvas activam o antioxidante major chamado glutatião – resultando dessa forma em menor lesão cardíaca.

Condições de stress oxidativo podem exaurir o nosso organismo em glutatião, pondo o coração e os vasos sanguíneos mais propensos a lesão e a aumento do risco cardiovascular. Estes radicais livres provêm do stress, má alimentação, poluição, doença, etc. O facto de as uvas serem capazes de “ligar” os genes que conferem protecção directa ao coração é uma excelente novidade.

Pág. 1/6