Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Sex | 05.09.08

UVA e UVB

Dr. Luís Romariz

 

O foto-envelhecimento é o tipo de envelhecimento da pele que é causado por uma vida de exposição à luz solar— e não são apenas os poucos dias que passa à beira-mar nas férias de verão. Passear, conduzir com o vidro aberto, e qualquer réstia de sol são exemplo do tipo de exposição solar que poderá não ter pensado que a agredia. Mas ao longo dos anos podem concorrer para o aparecimento de rugas, pigmentação, e outros sinais de envelhecimento cutâneo, bem como de cancro. É importante entender que a radiação solar, ou radiação ultravioleta, consiste de três tipos de comprimentos de onda: UVA, UVB e UVC.  
Os raios UVA mantêm a sua intensidade ao longo do ano. Eles penetram fundo na pele e como tal não nos dão o alerta de queimadura, pelo que são potencialmente os mais perigosos. Têm capacidade para queimar a derme (ou seja, a parte mais profunda da pele). Como não causam a característica queimadura solar, as pessoas que utilizam os solários que só usam UVA, aumentam as suas hipóteses de contrair cancro da pele. São os causadores de envelhecimento prematuro traduzido por rugas e manchas.
Os raios UVB não penetram a pele tão fundo, e como tal apenas causam dano na camada superficial. Como ficamos vermelhos serve de aviso para as queimaduras. Eles são mais intensos no Verão e quase se “apagam” no nosso Inverno. Atenção quando for para montanhas ou trópicos, pois aí os UVB são a sério…
Os raios UVC são os mais fortes, e potencialmente mais nocivos, mas são normalmente filtrados pela camada de Ozono e não alcançam a Terra.
Qui | 04.09.08

POROS LIMPOS

Dr. Luís Romariz

Manter uma pele com aspecto fresco requer um bom regime de cuidados dermatológicos. Para manter os poros limpos e a pele com um aspecto macio, recomendo um exfoliante facial suave 2/3 vezes por semana. Use uma máscara à base de argila para fechar os poros e refirmar a pele, em dias diferentes dos que se usa o exfoliante.
Antes da aplicação da make-uo, limpe a face com um produto próprio ao seu tipo de pele. Depois, aplique um tonificante com um algodão. Isto prepara a sua pele para a aplicação do creme hidratante.

Em seguida aplique um hidratante com FPS de 15. para a proteger do foto-envelhecimento solar. Este creme pode servir como base à maquiagem, e deve conter antioxidantes (vitamina C; vitamina E; Ácido lipoico) nas concentrações eficazes e de forma personalizada. Afinal, todos iguais mas todos diferentes…

 

Ter | 02.09.08

MAGRESA, JUVENTUDE E BELEZA

Dr. Luís Romariz

O que é que têm de comum estes itens?

Quanto a mim, nada! Mas se repararem bem são os esteriótipos da nossa sociedade.

Não há publicidade que se preze que não mostre uma imagem de uma mulher jovem, magra e bela. No masculino, eles são jovens, musculados e imaculadamente "magros". Não há lugar a meio termo, e mesmo que a publicidade seja a produtos que nada têm a ver com a obesidade, lá está a noção de magreza subliminarmente incluída. Como se ao comermos um determinado iogurte para pretensamente baixar o colesterol, ou uma fibra para regularizar o trânsito intestinal, ficássemos com um aspecto parecido ao dos actores do anúncio...

Mas esta noção de estética "politicamente correcta" além de irreal é extremamente perigosa.

De facto,  se o excesso de peso é insalubre, os desvarios que se cometem para se alcançar a magresa a qualquer preço são ainda mais perniciosos.

O nosso organismo está geneticamente programado para ter alguma quantidade de gordura armazenada. Para além do aspecto estético característico da silhueta feminina, proporciona uma fonte de energia de recurso, e funciona como isolante. Estou obviamente a falar da gordura subcutânea, aquela que se tira com a lipoaspiração e que é metabolicamente necessária ao corpo humano. Paradoxalmente ela determina uma certa inibição do apetite e menor deposição de gordura.

Agora a gordura visceral acumulada no fígado e intestinos é altamente perigosa, e capaz de nos envelhecer em pouco tempo. Mas para a retirarmos do nosso organismo é necessário algum sentido de responsabilidade individual e bons conhecimentos científicos. É que na maioria dos casos as dietas de emagrecimento transformam-se em dietas de envelhecimento - pois paradoxalmente perde-se muito pouca gordura e muita massa muscular - engordando à posteriori quem nelas entra e desde logo quem as prescreve..

É relativamente fácil perder peso de forma sustentada e modelar um corpo de forma a podermos ter orgulho nele. Basta seguir um plano alimentar e de exercício cientificamente adequado. Não temos que ter todos as mesmas medidas, e nas diferenças reside a beleza da raça humana. Quem se deixa levar pelos esteriótipos impostos pela publicidade é irremediavelmente levado a viver  uma vida que não é a sua. Infelizmente, na maioria dos casos são pessoas com uma beleza própria que perseguem um ideal que se alcançado lhes fica mal.

Em resumo, os estilos actuais de tipo de vida são pródigos a gerar obesidade, flacidez e celulite, que com pouco esforço são fáceis de eliminar. Basta querer, e saber!

Seg | 01.09.08

Intensidade do Exercício

Dr. Luís Romariz

 

Para se entender completamente esta questão há que saber o que é VO2max. Este é um dado muito importante que se usa para medir quanto oxigénio uma pessoa gasta quando está a efectuar exercício. Quando alcançamos a nossa máxima capacidade de consumir e gastar o O2 durante o exercício, a isto chama-se VO2 max. A VO2 max é determinada pela genética individual e história de exercício.
Muitas autoridades vêm-na como a melhor medida de “fitness” (estar em forma) e resistência cardiovascular.
Após os 25 / 30 anos, os valores de VO2 max diminuem cerca de 1% ao ano nas pessoas sedentárias. Felizmente, todos nós temos a possibilidade de aumentar a VO2 max através do treino de resistência (aeróbica) — em qualquer idade, não interessando a condição física em que nos encontramos. A duração e a intensidade do treino são a chave para este aumento. De facto, as pessoas que estão menos em forma, são as que mais sofrem aumentos da VO2 max.

Os estudos demonstram que quem treina entre 50% e 90% da sua VO2 max alcançam os melhores resultados.

Pág. 2/2