Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

11.10.09

PROTEÍNA: QUAL E QUANTO?


Dr. Luís Romariz

Body builders, atletas e pessoas activas estão a beber cada vez mais os batidos de proteína…mesmo quando o sabor não é famoso. Pessoas de todas as formas e tamanhos; de todos os níveis de actividade e de idades desde a adolescência até aos idosos estão finalmente a compreender o valor da proteína na alimentação diária. A proteína é uma parte essencial de cada célula do nosso corpo:

·        Ajuda a formar e a reparar os tecidos corporais

·        Assiste na formação de enzimas, hormonas, e outros químicos vitais para a saúde plena

·        São os blocos indispensáveis para a formação dos ossos, músculos e cartilagens, pele e sangue

·        …até o cabelo e as unhas são feitos de proteína!

A proteina é um macronutriente. Outros macronutrientes incluem as gorduras e os hidratos de carbono. O nosso corpo necessita de macronutrientes para permanecer saudável. Comparado com a pequena quantidade de micronutrientes necessária (vitaminas e minerais), nós precisamos de grandes quantidades de macronutrientes. A grande diferença entre os macronutrientes é que o nosso corpo não armazena as proteínas. Infelizmente, não podemos dizer o mesmo das gorduras!

Então se queremos tirar partido dos fantásticos efeitos da proteína, precisamos de uma alimentação rica sob o ponto de vista proteico. Fácil, aparentemente! Eis algumas das melhores fontes proteicas:

·        Aves de criação:  Se retirar a pele, beneficiará de uma boa fonte de proteína e sem gordura saturada.

·        Bife: idealmente alimentado a pasto, é uma excelente fonte de proteína.

·        Ovos:  Preferencialmente de galinhas provenientes de criação biológica. Devem ser consumidos o mais cru possível.

·        Feijões e Leguminosas:  Contêm a maior razão proteica encontrada em qualquer vegetal. Associadamente têm uma grande quantidade de fibra. Podemos incluir os tremoços neste grupo.

·        Nozes ou Frutos Secos:  Ingeridos com moderação, oferecem uma grande quantidade de proteína.

Mas uma das melhores maneiras de obter proteína de altíssima qualidade é a suplementação com Whey – proteína de soro de leite. Mas cuidado porque há muito açúcar no meio e preços de bradar aos céus!

Uma escolha acertada é a Olimp Whey Protein Concentrate, vendida em Portugal