Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Dr. Luís Romariz

Aumento da longevidade e rejuvenescimento

Qui | 27.08.09

AS BACTÉRIAS "BOAS" COMBATEM A GRIPE

Dr. Luís Romariz

As bactérias naturalmente presentes no nosso organismo e nalguns casos em certos alimentos podem afastar o perigo dos resfriados e das gripes. Segundo um estudo, as crianças que consumam uma mistura de tais bactérias, conhecidas como probióticos, têm menos constipações, necessitam de menos antibióticos, e faltam menos dias à escola. Os cientistas já demonstraram que os probióticos podem beneficiar as pessoas doentes, e as bactérias “amigas” têm o poder de aumentar a imunidade natural em relação aos invasores.

Para a maioria dos leitores, resfriados e gripes são o pão-nosso de cada dia, razão porque devem fazer as vacinas e tomar probióticos, bem como os outros suplementos que tenho divulgado. Este ano o risco é maior por causa da gripe A e por não haver ainda vacina disponível. Os leitores têm ao seu dispor ferramentas para aumentar as suas defesas naturais e inespecíficas. E uma dessas ferramentas é os probióticos pois 80% do nosso sistema imune está localizado no tubo digestivo. Lembrem-se que um sistema inune robusto é a defesa número um contra TODAS as doenças, e que para tal deverão ter um equilíbrio entre as bactérias amigas e as nocivas (cerca de 85% “boas” e 15% “más”).Neste estudo as crianças que tomaram probióticos reduziram a febre em mais de 20%, a tosse em 25% e a rinorreia (decorrência nasal) em 30%. A utilização de antibióticos decresceu mais de 25% o que é óptimo pois os antibióticos são usados frequentemente de forma intempestiva disseminando a resistência aos antibióticos.

Diariamente eu e a minha família tomamos Biogaia – 5 gotas em jejum – e ingerimos produtos fermentados como os iogurtes. Um fio de mel também ajuda a aumentar as defesas (enzimas e actua como pré-biótico). Mas atenção que se os produtos tiverem sido pasteurizados já não funcionam como probióticos, daí preferir os iogurtes caseiros. A relação bactérias “boas/más” tem repercussão em:

·        Desenvolvimento harmonioso do sistema imune

·        Protecção contra o crescimento excessivo de microrganismos capazes de causar doença

·        Melhor digestão e absorção dos nutrientes

Os probióticos também interferem:

·        Digestão e absorção de certos hidratos de carbono

·        Produção de vitaminas, absorção de minerais e eliminação de toxinas

·        Prevenção de alergias

O açúcar é um fertilizante incrível para o crescimento desmesurado das “más” bactérias e fungos, pelo que se pecar por excesso está a fazer uma selecção em prol das “más”.

Para se proteger da gripe siga alguns conselhos:

·        Optimize os níveis de vitamina D

·        Coma muitos alimentos fermentados e use probióticos para reforçar

·        Limite ou evite o açúcar

·        Descanse bem

·        Evite o stress

·        Ingira N-acetilcisteína, vitamina C e proteínas (as imunoglobulinas são proteínas)

·        Faça exercício regular

·        Lave e esfregue frequentemente as mãos

·        Ingira boas quantidades de ómega-3 (óleo de peixe)

Se não cuidar da sua saúde não pense que vão ser os outros a faze-lo. E depois de ficar doente nós médicos já só vamos atrás do prejuízo!