Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Quinta-feira, 12 de Julho de 2012

AINDA O COLESTEROL...

O colesterol não é um veneno fatal, antes una substância vital às células de todos os mamíferos, onde funciona como “á prova de água” nas paredes celulares. De facto, sem este requisito, a separação dos meios interno e externo das células, não poderia existir vida. O colesterol é uma molécula peculiar. É frequentemente classificado como gordura, contudo, quimicamente é um álcool. O bom e o mau colesterol, bem como o “assim, assim” são coisas que não existem, mas o stress, a actividade física vs o sedentarismo, e as alterações no peso corporal podem influenciar os níveis de colesterol sanguíneo. Um nível elevado de colesterol não é perigoso por si só, mas pode reflectir um estado doentio, no qual pode ser completamente inocente.

 Diz-se que níveis elevados de colesterol promovem a aterosclerose e consequentemente a doença coronária. Mas muitos estudos médicos demonstraram que as pessoas com baixos níveis de colesterol apresentam aterosclerose tal como os que o têm alto. Um dos factos mais surpreendentes acerca do colesterol é que não há uma relação entre os seus níveis sanguíneos e a aterosclerose nas artérias.

 O nosso organismo produz colesterol três ou quarto vezes mais do que o ingere. A sua produção interna aumenta quando ingerimos pouco colesterol e baixa quando ingerimos muito. Isto explica porque uma “dieta prudente” não baixa o colesterol para além da média (0 a4% apenas). Não adianta portanto prescrever dietas restritivas com limitação na ingestão de marisco, ovos, etc. pois estas fontes representam apenas cerca de 17% do colesterol total.

 Não há evidência científica de que a ingestão de gordura animal e colesterol promovam a aterosclerose. Por exemplo, mais de vinte estudos médicos mostram que pessoas que sofreram um ataque cardíaco não ingeriam mais desta substancias do que a população em geral, e que o grau de aterosclerose na autópsia não se relacionava com a dieta.

 A única via eficaz para diminuir o colesterol é através de medicação, mas nem a mortalidade cardíaca ou a mortalidade em geral decresceram com a utilização destes fármacos. Pelo contrário, estes fármacos – as estatinas – são muito perigosos para a nossa saúde e podem encurtar a nossa longevidade. Embora pareçam prevenir a doença coronária, este efeito não se observa à custa do colesterol, mas sim das propriedades anti-inflamatórias das estatinas. No entanto, estes medicamentos atacam o músculo cardíaco que deviam proteger, bem com os restantes músculos do nosso corpo.

Estes factos têm aparecido em revistas cientificam e em estudos, mas são completamente ignorados e escamoteados pela pressão dos vários interesses! Mesmo as intervenções esclarecidas de muitos professores de medicina de vários países, EUA incluídos, bem como alguns proeminentes cirurgiões cardiovasculares, têm sido ignoradas.

Há muitos benefícios em ter bons níveis de colesterol, nomeadamente um aumento na longevidade, uma diminuição na morte prematura por causas em geral, maior resistência às infecções, e menos alergias.

Concluindo, o colesterol e as gorduras animais saturadas são fulcrais para a nossa boa saúde ao contrário do que é propagandeado, e o único problema das partículas chamadas de “colesterol” reside sua oxidação nos interstícios do revestimento das artérias -  o endotélio.  Ora isto só acontece quando o tal “mau” colesterol está carregado de triglicéridos, o que gera partículas pequenas e densas que são aterogénicas. Os triglicéridos são fruto da ingestão aumentada de hidratos de carbono de elevado índice glicemico – pão, batata, açúcar, bolos, refrigerantes – e à oxidação destas partículas que gera inflamação arterial juntam-se vários eventos negativos como a calcificação anormal nas artérias por insuficiênciaem vitaminas De K2.

 

 

publicado por Anti-Envelhecimento às 12:08
link do post | comentar
1 comentário:
De Manuel Lourinho a 22 de Julho de 2012 às 23:30
Este artigo refere muitos pontos chave, que infelizmente muita gente ignora mesmo médicos !
Hidratos de carbono, Estatinas , Vitamina D3 , Vitamina K2
quando falo aos meus medicos nestes temas sinto-me extraterrestre. Não imaginam as dificuldades que tive quando pedi a analise da Vitamina D3 OHD ) a um familiar internado. Detectou-se uma grave deficiência que causava dores ósseas terríveis ... não andava e hoje já se movimenta depois de ser suplementada. Este blog e importante !
Agora vem a luta do colesterol esta com 140 mg/dl e insistem nas estatinas ( por prevenção ) entretanto tem tido comportamentos violentos que entre outras causas devem ter origem num nível de colesterol demasiado baixo ! .

Comentar post

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds