Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Segunda-feira, 12 de Março de 2012

NOVIDADES

Aumentos, mesmo que pequenos, no consumo de ómega-3 resultam em grandes reduções de arritmias cardíacas e ataques cardiovasculares fatais, especialmente em diabéticos. Umestudo publicado na revista médica Diabetes Care revela a redução no risco de arritmias ventriculares e enfarte do miocárdio entre diabéticos que receberam pequenas doses de ómega-3 (223 mg de EPA). A diminuição cifrou-se em 84% e 72 % respectivamente.

Foi relatada uma associação positiva entre os níveis circulantes de vitamina D e uma diminuição no risco de contrair cancro do pâncreas. Após se ter estudado 451 pessoas diagnosticadas com cancro do pâncreas. Após períodos compreendidos entre 14.1 e 25.3 anos, foi colhido plasma para analisar os níveis de 25-OHcolecalciferol (vitamina D). Uma diminuição no risco de cancro pancreático foi observada nas pessoas com níveis mais elevados desta vitamina. Já sabíamos que níveis elevados de vitamina D anulavam virtualmente o risco de cancro da mama. Vem aí a Primavera. Aproveitem o Sol e exponham-se sem protector durante20 a30 minutos. Produzirão desta forma cerca de 20 000 UI desta vitamina por cada dia de exposição. Mas cuidado: não tomem banho a seguir à exposição pois retiram a maior parte da vitamina recém-formada na pele.

Investigadores suecos relataram que uma dieta rica em antioxidantes está associada a um menor risco de AVC nas mulheres. O grupo de investigadores avaliou 5 680 mulheres com história de ataque cardiovascular e 31 035 sem história da doença. Analisada a capacidade antioxidante total, uma medida da luta contra os radicais livres por parte dos antioxidantes da alimentação, os indivíduos livres de doença foram observados por 11 anos e os doentes durante 9.6 anos. Para os maiores consumidores de antioxidantes houve uma redução de AVC na ordem dos 17% em comparação com os que menos antioxidantes ingeriam, bem como uma redução de 46% no risco de AVC hemorrágico.

Uma tese do doutoramento de Morten Georg Jensen da Universidade de Copenhaga na Dinamarca concluiu que o alginato, uma fibra viscosa proveniente das algas marinhas, pode ajudar à perda de peso quando consumida regularmente em doentes adultos com excesso de peso. Foram observados doentes durante 3 anos que tomaram doses diferentes de alginato, bem como 96 pessoas obesas que ingeriram alginato durante doze semanas. Todos perderam gordura numa média de 2 quilogramas.

O American Jounal of Clinical Nutrition publicou um largo estudo com 900 partyicipantes em que os doentes receberam quer ácido fólico na dose de 400 microgramas e vitamina B12 na dose de 100 microgramas, quer placebo durante dois anos. As funções cerebrais relacionadas com a inteligência (cognitivas) como a atenção, orientação, memoria e processamento de informação foram mais elevadas no grupo dos pacientes que receberam a medicação quando comparado com o grupo placebo.

publicado por Anti-Envelhecimento às 17:29
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds