Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2012

ESFORÇOS PARA EMAGRECER, É SÓ DESILUSÃO?

Tenho recebido feed-back de pessoas que têm sido diligentes na sua determinação em perder peso – leia-se gordura – e melhorar a sua forma física mas nada parece fazer efeito. Após meses de esforços consistentes mal perderam um quilograma ou viram a sua cintura reduzida em mais do que um centímetro. Põem-se a questão: poderá ser um problema da tiróide? Mesmo os que foram diagnosticados com hipotiroidismo poderão questionar a dosagem ou o tipo da sua medicação. A maioria fica presa ao dilema de ter de ganhar ainda mais peso ao usar a levotiroxina. A pesquisa médica demonstra que muitas pessoas ganham peso quando lhe é prescrita apenas a levotiroxina – letter, eutirox, thyrax, etc., e as correcções de dose são única e exclusivamente baseadas nos níveis de TSH. As minhas preocupações em relação ao peso não se prendem com o facto de cabermos bem ou não nos jeans preferidos. Quando as pessoas me perguntam se as posso ajudar em relação ao excesso de peso, a minha resposta é invariavelmente “posso ajudá-la em relação à sua saúde e peso ideal se quiser ajudar a si própria”. O excesso de peso não é apenas uma questão de imagem e vaidade, é muito mais pois pode aumentar o potencial de doença. Apenas 7 a 15 quilos extra são o suficiente para multiplicar o risco de um ataque cardíaco, diabetes, ou cancro em 6 vezes. As estatísticas recentes mostram que mais de metade da população tem excesso de peso ou é obesa. As campanhas de educação pública, embora incipientes, não parecem resultar. A taxa de obesidade aumentou cerca de 40% na última década, e apresenta proporções epidémicas. Não somos vítimas da nossa genética, antes sim de más escolhas de estilo de vida. O custo da obesidade é astronómico e põe em risco a saúde dos sistemas de saúde. A regulação hormonal da tiróide é um factor essencial frequentemente ignorado ou relegado nas discussões sobre a obesidade. E afinal de contas pode ser o elo perdido nos esforços para emagrecer. Quando consideramos a epidemia global de problemas da tiróide teremos de perguntar quanto dinheiro gasto em tratamentos de obesidade seria mais bem empregue no diagnóstico e tratamento do hipotiroidismo subclínico. Claro que a alimentação e o exercício, mais a primeira do que a segunda, são cruciais. Dado que a nossa genética permanece imutável em relação ao século passado teremos que nos questionar sobre o que é que mudou em tão pouco tempo de forma a provocar esta epidemia de obesidade. O que ressalta de evidente é que passamos a comer cada vez mais alimentos refinados e altamente processados à base de hidratos de carbono – sendo a frutose a vilã – e de gordura alienígenas, esquecendo o nosso tipo tradicional de alimentação mediterrânica. Cada vez que retiram gordura dos alimentos processados, aumento o teor dos hidratos de carbono de alto índice glicémico. Afinal de contas, têm de pôr lá qualquer coisa …! Brevemente abrirá a época das dietas e dos medicamentos milagrosos para abater as gorduras indesejadas. Faz-se de tudo para poder parecer bem, pois finalmente vem aí a Primavera …Mas é Sol de pouca dura, pois o que deve ser consistente é mais penoso e é fácil tomar o caminho mais fácil!

O facto é que cada vez que fazemos dieta ou tomamos esses tais comprimidos o nosso corpo reaje baixando o metabolismo – hipotiroidismo tipo 2 – e invariavelmente os esforços vão por água abaixo. É que fomos forjados numa evolução de milhões de anos de penúria alimentar, e não vai ser agora que o nosso corpo vai abrir mão das nossas reservas … a menos que tenhamos uns truques na manga!

publicado por Anti-Envelhecimento às 15:56
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds