Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

COMO EVITAR 50% DOS EVENTOS CORONÁRIOS

A Sociedade Europeia de Cardiologia faz uma estimativa de 50% de redução nos eventos coronários se pudéssemos estabilizar as placas macias e vulneráveis. É-nos dito e levado crer frequentemente a crer que as placas de ateroma que aparecem nas angiografias são placas assassinas. Isto só é verdade quando elas são suficientemente grandes para provocar uma paragem do fluxo sanguíneo (durante um espasmo coronário), pois diminuem o aporte de oxigénio ao músculo cardíaco provocando a angina ou enfarte. É aliás a definição de angina instável. É no entanto necessária uma obstrução de 90% para a desenvolver. Este é o tipo de placa predominante numa angiografia, mas há as placas macias, não calcificadas (e portanto não aparentes nos exames) as quais têm tendência para romper – como se de uma borbulha se tratasse – e esvaziar o seu conteúdo que provoca imediatamente um trombo que pára a circulação sanguínea.

A causa derradeira desta rotura da placa é a inflamação dentro dela, a qual degrada o material fibrose que contem o material depositado na parede da artéria. Normalmente há muitos glóbulos brancos cheios de gordura dentro deste material (foam cells) e a isto chamamos o “núcleo necrótico” cujo conteúdo quando se solta provoca a agregação de plaquetas e a obstrução com o consequente enfarte. Estima-se que cerca de 75% dos eventos coronários sejam causados por rotura destas placas macias. Uma vez que não temos imagiologia que nos alerte para este tipo de placa coronária o que significa em essência não sabermos se as temos ou não, não podemos prevenir a sua rotura. Frequentemente, o ritmo de crescimento destas placas é directamente proporcional ao nível de insulina sanguínea, razão pela qual é muito importante uma alimentação com baixa carga glicémica. Outra condição a evitar é a inflamação dentro da placa, pelo que é razoável fazer uma suplementação agressiva com óleo de peixe de forma a diminuir a inflamação conseguindo um baixo quociente AA/EPA. Pela mesma razão a aspirina em baixa dosagem é útil na prevenção da agregação das plaquetas ao material oriundo da rotura de uma placa.

publicado por Anti-Envelhecimento às 11:33
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds