Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Domingo, 18 de Setembro de 2011

Cara T.N.

 Bom dia Dr. Luíz Romariz Tenho 42 anos e infelizmente desde há um mês para cá comecei a ter sintomas relacionados com a menopausa, tais como calores e até suores. Estou assustada pois a menopausa, não só para mim, como para a maioria das mulheres, e quer queiramos ou não, acaba por estar relacionada com o envelhecimento, e eu não gostaria de me sentir uma idosa aos 42 anos de idade. Pelos sintomas que tenho relacionados com os chamados "fogachos" e as irregularidades menstruais, penso que serei das mulheres contempladas com a menopausa bastante cedo, e longe da média da idade. Gostaria de poder contrariar esta situação com riscos minimizados, pois também tenho um nódulo sólido no peito, com características de friboadenoma , bem como problemas relacionados com osteoporose . Não gostaria de me sentir um caso perdido da medicina, que devido a todas estas condicionantes não possa de alguma forma efectuar a terapia de reposição hormonal com hormonas bioidênticas . Tenho horror a cancro, e tento ter uma vida o mais saudável possível Tomei conhecimento desse tipo de tratamento, já li alguma coisa sobre o assunto, e gostaria imenso, não só por uma questão de auto-estima, como também por uma questão de saúde, de poder vir a fazê-lo sem riscos de futuramente contrair cancro da mama.

As questões que coloco são: -se com esta primeira abordagem de quadro clínico poderei fazer essa terapia, ou se estou excluída à partida? - E quais os meios auxiliares de diagnóstico que poderei, ou terei que fazer para uma boa avaliação do meu caso. Gostaria também de saber se existem exames complementares para verificar a predisposição de contrair cancro da mama. Grata desde já pela atenção dispendida. Aguardo resposta.

Atenciosamente

T. N.

A sua questão, por ser pertinente, também será respondida a este nível.

À partida ninguém ficará excluído de fazer hormonoterapia bioidêntica, excepto as portadoras de cancro da mama hormono-sensivel – mesmo estas poderão beneficiar da progesterona.

A menopausa coloca um desafio de proporções épicas à qualidade de vida das mulheres. Estas estando geneticamente preparadas para sobreviverem poucos anos à menopausa têm dificuldade em responder aos desafios de uma longevidade cada vez maior. Facto é que actualmente uma mulher poderá ter tantos anos de menopausa quantos os anos férteis …

Para fazer face a esta nova realidade é preciso optimizar as hormonas, e isto só me parece possível substituindo as que estão em falta (hormonas humanas) por igual quantidade da mesma espécie.

Desta forma, cumprem-se os requisitos forjados durante a evolução da nossa espécie. Todas as pacientes deverão ter testes de rastreio de cancro da mama e dos desvios a ele conducentes, fazendo análises regulares para optimizar as hormonas. Mas as mulheres devem ser alertadas para o facto de se nada fizerem, só por isso correm risco substancialmente aumentado de cancro da mama e ginecológico.

publicado por Anti-Envelhecimento às 13:12
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds