Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

HORMONAS BIOIDÊNTICAS

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

MITOS SOBRE A DOENÇA CARDIOVASCULAR

Imaginem ouvir noticias sobre uma catástrofe que causa milhares de vitimas diariamente – uma em cada 40 segundos. Uma epidemia? Um acidente nuclear? “Apenas” a doença cardiovascular! O maior assassino mundial, a doença cardiovascular causa muito mais mortes do que todas as formas de cancro. È um exterminador implacável que pode atacar todos embora tenha preferência pelos maiores do que 65 anos, mas nenhuma idade, raça ou classe económica lhe é imune. Há uma certa falta de consciencialização acerca do que esta doença é na realidade. Enquanto 35% das pessoas diz ter boa saúde, quando inquiridos acerca dos principais factores de saúde – dieta, actividade física, tensaõ arterial, colesterol, peso, açúcar sanguíneo e tabagismo – apenas 1% tem consciência sobre todos os factores conducentes a uma boa saúde. Há vários mitos acerca da doença cardiovascular:

  • É uma doença dos idosos. Embora o risco aumente com a idade, as raízes desta patologia podem ser plantadas até na adolescência. O crescimento da placa arterial que venha a dar um enfarte pode demorar anos a desenvolver e crescer. Os que crescem num ambiente de “fast-food” são mais atreito s a esta doença
  • Não afecta as crianças. Embora raramente, também pode afectar as crianças. Com a crescente epidemia de obesidade infantil é provável vermos aparecer esta patologia cada vez mais cedo. As paragens cardíacas são responsáveis por um número crescente de óbitos infantis.
  • Não atinge as pessoas em forma e fortes. Embora estar em boa forma física diminua muito os riscos, é o conjunto da eliminação dos factores de risco que trás protecção.
  • O excesso de colesterol ou a tensão arterial elevada dão sinais de alarme, como dores de cabeça ou no peito. É um dos maiores erros. Nenhuma condição produz sinais de aviso, pelo que esta é uma doença silenciosa. Mais do que a elevação do colesterol total, é a qualidade do “mau” colesterol dependente do aumento dos triglicerideos que aumenta o risco de doença cardiovascular. Um terço dos adultos tem hipertensão arterial e destes, 1/3 não faz ideia disso. Idealmente a tensão arterial deve ser cerca de 120/80.
  • Os sintomas de ataque cardíaco são iguais nos homens e nas mulheres. As mulheres têm frequentemente sintomas muito mais leves do que no caso dos homens – dor no peito, sudação e dificuldade em respirar – aparecendo mais frequentemente a dor abdominal ou no queixo, a náusea e a respiração ofegante. Metade das mulheres nem sequer tem a clássica dor no peito. É frequente as mulheres ignorarem os seus sintomas confundindo-os com indigestão ou sintomas de falta de boa forma (o cansaço é um sintoma comum). Isso pode ser fatal. A principal manifestação de um ataque cardíaco na mulher é a morte súbita!
  • A doença cardíaca é genética. Se os pais não tiveram nós não teremos. Há os tais factores supracitados que podemos controlar e que nada têm a ver com os genes. Claro que se os nossos pais tiveram um enfarte ou trombose antes dos 55 e 65 anos, teremos um risco maior.
  • O excesso de peso é normal. É um dos maiores factores de risco, nomeadamente a gordura abdominal nos homens, Esta situação combinada com a diminuição da testosterona é uma bomba-relógio.
  • É mais provável uma mulher morrer de cancro da mama do que de enfarte. A maior causa de morte nas mulheres é a doença cardiovascular, especialmente na menopausa quando perdem a protecção hormonal feminina. Mas mulheres jovens a combinação da pílula e do tabagismo é explosiva.
  • A diabetes não ameaça o coração, desde que se mantenha o açúcar sob controlo. Os diabéticos são mais saudáveis quando a glicemia está em limites mais estreitos do que os anunciados, mas ainda assim a doença causa inflamação nas artérias, lesando-as. Nunca se pode descansar sob uma diabetes controlada.
  • Se estiver em risco, o médico prescreve exames para despistara doença. Mesmo que isso aconteça, raramente tem o valor desejado. Talvez o somatório dos exames disponíveis possa dar um sossego enorme, mas nunca a 100%. E são raros os profissionais de saúde capazes de os identificar a todos!

No mínimo, o nosso coração merece muito mais atenção.

 

publicado por Anti-Envelhecimento às 18:19
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds