Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

SUPLEMENTOS DE ÓMEGA-3 REDUZEM O RISCO DE CANCRO DA MAMA

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center em Seattle estudaram 35.016 mulheres em menopausa durante 6 anos. As que tomavam regularmente omega-3, o qual tinha elevado teor em EPA e DHA, tiveram uma redução do risco de cancro ductal mamário invasivo em 32%, sendo este o tipo mais comum de cancro da mama.

A chefe da equipa de investigação, Emily White, não tem duvidas em recomendar a suplementação com omega-3 em todas a s mulheres em menopausa.

Eu já tinha alertado para o facto de os omega-3 exercerem uma redução na forma mais agressiva de cancro da próstata em cerca de 63%. Quando juntamos a estes benefícios a diminuição da perda de memória, a melhoria do humor e do peso corporal e a saúde cardiovascular, ficamos perante um suplemento alimentar verdadeiramente “milagroso”. Nenhum fármaco tem benefícios sequer parecidos. O DHA acumula-se nas membranas celulares, onde actua como um potente regulador genético. E conforme tenho referido os genes podem expressar-se ou não, é tudo uma questão ambiental. O que é interessante sobre oómega-3 é que influi nas doenças do envelhecimento, cancro incluído. Contudo, a medicina Ocidental nunca conseguiu alcançar benefícios semelhantes com os anti-inflamatórios – no caso do Vioxx até obteve efeitos contrários. Isto acontece porque estes medicamentos, ao inibirem a COX2 conduzem a vias de fuga dos ácidos gordos de cadeia longa (GLA, DHA,EPA e AA) para prostanoides agressivos. Os problemas de saúde acontecem quando a tendência para a inflamação ultrapassa a anti-inflamatória. É tudo uma questão de equilíbrio. Os ácidos gordos nas nossas membranas celulares reflectem a nossa alimentação. A gordura saturada não constitui problema a menos que haja uma deficiente ingestão de óleo de peixe (EPA e DHA) bem como de ómega-6 (sempre em excesso na nossa alimentação) e de ómega-9 (azeite). A este propósito é bom referir que os óleos alimentares são verdadeiramente imprestáveis. Se os queremos ingerir, e eles são essenciais, então façamo-lo à custa de sementes, e não de óleos altamente processados e na maioria envasados de forma a poderem oxidar com a luz.

publicado por Anti-Envelhecimento às 15:50
link do post | comentar
2 comentários:
De Anónimo a 17 de Setembro de 2010 às 20:43
Boa noite!

Gostaria de saber se existe alguma diferença significativa entre o super omega -3 e o Mega EPA DHA da Lef do ponto de vista terapêutico na sua opinião?
De Anti-Envelhecimento a 20 de Setembro de 2010 às 16:58
Existe alguma, nomeadamente no sesamoide e nos polifenois de azeite.
É uma questão de preço...!

Comentar post

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds