Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2013

DESCOORDENAÇÃO MUSCULAR

A falta de coordenação muscular pode bem ser o primeiro sintoma de disfunção da tiróide. Se choca frequentemente contra os móveis ou outras coisas, pode ser que tenha um hipotiroidismo. De acordo com as necessidades o nosso cérebro subconsciente – o hipotálamo – segrega a hormona TRH que estimula a pituitária a produzir a hormona estimuladora da tiróide (TSH), a qual faz com que a tiróide produza hormona da tiróide. Ora a 1ª decisão neste ciclo, a produção de TRH, é controlada pela leptina. Esta , é a hormona produzida pelas células de gordura – os adipócitos – para sinalizar ao cérebro a quantidade de energia armazenada e as respectivas acções a tomar. Se tivermos com sobrepeso, a leptina comunica deficientemente com o cérebro e assim a tiróide fica privada de uma sinalização apropriada. Uma alimentação parca em HC e suplementada com iodo, manganésio, zinco, selénio e complexo vitamínico B fará toda a diferença.

publicado por Anti-Envelhecimento às 17:54
link do post | comentar
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013

PRÉ-DIABETES

Milhões de pessoas vivem com diabetes, sem que esta lhes seja diagnosticada! E muitos mais vivem em pré-diabetes não diagnosticada. Cerca de 35% dos adultos poderá ter pré-diabetes sem saber disso, dado que obviamente não há sintomas. A prevenção é a palavra-chave. Os anos perdidos no diagnóstico precoce desta doença, são a chave para o envelhecimento acelerado e morte prematura. A obesidade coloca um risco enorme de vir a desenvolver diabetes. Enquanto alguns factores de risco são imutáveis – sexo, raça, idade e história familiar – outros como a alimentação e o exercício físico, estão perfeitamente ao nosso alcance. Muito mais útil do que o doseamento da glicose em jejum (açúcar), é a determinação da insulina e da tolerância à sobrecarga com açúcar. A Hb A1c diz-nos tudo acerca do controlo do açúcar durante os últimos meses. Diversos factores poem em risco desta patologia:

  • ·        Gordura visceral
  • ·        Inactividade
  • ·        História familiar de diabetes
  • ·        Idade superior a 45 anos e outras raças que não a caucasiana
  • ·        Ter desenvolvido diabetes gestacional durante uma gravidez

A doença não controlada leva a:

  • ·        Lesão nervosa com neuropatia diabética
  • ·        Cegueira por retinopatia
  • ·        Doença cardiovascular e AVC
  • ·        Insuficiência renal
  • ·      Envelhecimento acelerado e  morte prematura
publicado por Anti-Envelhecimento às 16:01
link do post | comentar
Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2013

PERDA MASSA MUSCULAR

Tal como espectável, as pessoas mais idosas com uma grande perda de massa e força musculares – condição conhecida como sarcopenia – tendem a sofrer um risco aumentado de morte prematura: a sarcopenia tem sido usada como um biomarcador de fragilidade e mau prognóstico nos idosos. Após se analisarem os dados de estudos clínicos sobre envelhecimento e longevidade (Aging and Longevity Study) chegou-se à conclusão que os participantes com maior sarcopenia eram os que tinham um risco de morte agravado, quando comparados aos não-sacopénicos. Ora a sarcopenia, tal como a osteopenia e a osteoporose, tem tratamento. Quando se corrigem os factores subadjacentes a esta condição, observa-se um aumento da massa muscular:

  • Ingestão adequada de proteína, nomeadamente de whey (proteína de soro de leite).
  • Exercício físico de resistência e alta intensidade.
  • Correcção hormonal, nomeadamente ao nível da testosterona.
  • Ingestão adequada de potássio e de magnésio.

Devemos pois por em marcha as correcções necessárias a uma vida activa e independente

publicado por Anti-Envelhecimento às 16:48
link do post | comentar | ver comentários (1)
Domingo, 13 de Janeiro de 2013

PERI-MENOPAUSA

Nos anos que precedem a menopausa (perimenopausa) os ciclos menstruais que eram certos como um relógio, tornam-se erráticos. As hemorragias podem ser menos intensas ou mais profusas do que o usual— embora as mulheres não estejam oficialmente na menopausa até terem 12 meses consecutivos sem período. Ciclos erráticos são um sinal de ovulações erráticas levando a altos e baixos nos estrogénios e principalmente na progesterona. Há ciclos longos – 2 ou 3 meses sem menstruação – ou ciclos curtos – menstruação 10 a15 dias após a última vez. Isto reflecte os altos e baixos (tipo montanha russa) na produção dos estrogénios.

Quando os ovários começam a falhar, falha a produção de hormonas e o cérebro também; esquecimentos (como disse que se chamava?) e pensamento turvo, confusão mental e alterações do humor são comuns bem como os calores e suores nocturnos, depressão, aumento de peso e desinteresse sexual – por muito que se ame o parceiro.
Claro que nem todas as mulheres têm todos estes sintomas, mas a maioria deles é comum. E o grau de descontentamento é directamente proporcional ao grau de desequilíbrio hormonal. Nem sempre as mulheres obtêm a melhor resposta para as suas aflições. Muitas das vezes a proposta é na forma de uma “pílula”. Uma coisa é certa, todo este quadro é reversível – com hormonas bioidênticas – podendo fazer dos anos seguintes os melhores anos da vida.

publicado por Anti-Envelhecimento às 14:04
link do post | comentar | ver comentários (4)

PARA ALÉM DOS 100!

Diz-se que quando chega a nossa hora, temos de ir! Mas há coisas que podemos fazer para prolongar esse evento, alcançando os três dígitos, e com saúde. Há cinco zonas geográficas (www.bluezones.com) onde os seus habitantes tendem a alcançar os 100 anos, onde se inclui a ilha grega de Icaria. Todos os habitantes destas zonas têm em comum três pilares:

  • Dieta
  • Exercício
  • Stress diminuto

Obviamente, não há medicina que nos valha se tivermos uma alimentação errada. Mais, comer bem não tem de ser caro ou complicado. Pouco açúcar, gordura saudável, e menos fast-food; mais vegetais, mais frutos, mais aveia, mais frutos secos, feijões e sementes, muito mais azeite e peixe. Menos comida é sempre melhor do que em demasia, portanto devemos comer para viver e nunca viver para comer! Claro que podemos maximizar estes benefícios com a introdução de suplementos alimentares:

  • Vitamina D
  • Ómega-3
  • Magnésio
  • Multivitaminas

Mova-se ou perca anos, tem o beneplácito da comunidade médica. É a melhor maneira de manter os nossos sistemas próximos dos níveis da nossa juventude. Mas como em tudo, o que é demais é moléstia. Trinta minutos diários, repartidos em 20 minutos de aerobica intervalada e 10 minutos de treino de resistência de alta intensidade são quanto basta. Finalmente, o stress é o mal da nossa vida actual. A libertação crónica de cortisol causa efeitos devastadores na nossa saúde, lesando todos os sistemas. Um sono adequado (a exposição solar causa um bom sono nocturno), respiração anti-stress, técnicas de relaxamento, ioga, etc. devem constar do nosso dia-a-dia.

publicado por Anti-Envelhecimento às 13:49
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds