Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

INTELIGÊNCIA E DHA

Os Adultos com idades compreendidas entre os 18 e os 25 anos que ingerem diariamente 750 mg de DHA (um dos componentes da gordura do óleo de peixe) durante seis meses, têm um significativo aumento da memória. Isto é interessante, pois refere-se a pessoas que já têm boa memória e que a vêm ainda assim melhorada. Isto é a utilização da nutrição para melhorar a inteligência. O DHA é o óleo mais importante do cérebro e o que mais falta na alimentação humana.

publicado por Anti-Envelhecimento às 23:10
link do post | comentar

ADOLESCENTES OBESOS SÃO SEXUALMENTE INACTIVOS

Um estudo efectuado pela Universidade de Buffalo mostra pela primeira vez que os rapazes adolescents obesos com idades compreendidas entre os 14 e os 20 anos, têm aumentado o seu potencial para serem impotentes e inférteis na idade adulta. Nota-se uma diminuição acentuada (50%) na produção de testosterona, fenómeno conhecido como hipogonadismo, nestes rapazes obesos. Isto tem proporções epidemiológicas de carácter bíblico, pois as suas repercussões na maturação sexual e na fertilidade são imensas.

publicado por Anti-Envelhecimento às 23:08
link do post | comentar
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

CAPACIDADE EM MASTIGAR ASSOCIADA AO RISCO DE DEMÊNCIA

Consegue morder uma maçã? Se for o caso, tem boas probabilidades de manter as capacidades cerebrais, segundo um artigo publicado pelo Instituto Karolinska na Suécia. À medida que envelhecemos temos mais probabilidades de deteriorar as nossas capacidades cognitivas (do pensamento), tais como a memoria, e a resolução de problemas. Demonstra-se uma associação entre a falta de dentes e a perda destas capacidades cerebrais, com risco elevado de demência. Uma explicação podia ser que a falta de dentes dificulta o acto de mastigação e consequentemente menor fluxo de sangue no cérebro. Já sabíamos da associação entre a saúde gengival e a doença cardiovascular, mas agora ficamos a saber que é imperativo manter uma boa dentadura, seja ela natural ou artificial

publicado por Anti-Envelhecimento às 11:14
link do post | comentar

CUIDADO COM A MEDICAÇÃO PARA BAIXAR O COLESTEROL

As estatinas são a classe de medicamentos mais prescrita mundialmente. Uma em quatro pessoas acima dos 45 anos toma um medicamento para baixar o colesterol tal como Zocor, Crestor, sinvastatina, pravastatina, ou outros. A maioria destas pessoas toma esta medicação como prevenção primária para ataques cardíacos ou AVC (trombose cerebral). Contudo, investigação recente e crescente aponta para o facto de que isto possa ser um erro fatal. Recentemente, dois estudos diferentes concluíram que a progressão da arteriopatia coronária calcificada, que é a assinatura padrão desta patologia potencialmente fatal, está aumentada quando se utilizam as estatinas.

Na realidade, conforme tenho explicado, o que dá o mau carácter ao “colesterol” são os triglicerideos, e estes provêm do metabolismo dos hidratos de carbono como os doces, pão, batata, arroz, massa, e fruta em excesso. Sobre os TG as estatinas não têm qualquer tipo de acção relevante

publicado por Anti-Envelhecimento às 09:54
link do post | comentar
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2012

HORMONAS E MENOPAUSA

Ah, as vantagens da meia-idade; segurança económica, tempo para finalmente poder gozar a vida, filhos com vida própria, netos para mimar, energia em decrescendo, alterações do humor, distensão abdominal, baixa libido, rugas, e fogachos. À medida que as mulheres envelhecem, os ciclos menstruais tornam-se erráticos, com menstruações escassas ou muito abundantes, até que finalmente desaparecem. Nessa altura a produção hormonal de estrogénios diminui cerca de 1/3, enquanto a progesterona que já há uns anos vinha a baixar (daí a instalação da osteoporose) chega praticamente a zero. A substituição hormonal bioidêntica – hormonas rigorosamente iguais e indistinguíveis das produzidas pelo nosso corpo – ganhou popularidade nos últimos anos graças a médicos pioneiros e à divulgação por pessoas famosas como a Oprah Winfrey, a Suzanne Somers e o Dr. Phill. As doses são personalizadas e ciclicamente são feitas análises hormonais de controlo e aferição – o que nunca é possível de fazer com as hormonas químicas ou de soja – tornando esta terapia extremamente segura e quando bem prescrita isenta de efeitos secundários. As hormonas sintéticas têm capacidade de induzir a formação de coágulos sanguíneos potencialmente indutores de AVC (trombose cerebral) ou ataque cardíaco. Em 2002 o estudo Woman’s Health Initiative que abrangeu 16.000 mulheres, demonstrou inequivocamente que as “pílulas” sintéticas aumentavam o risco de cancro da mama em 29%, doença cardiovascular em 26%, coágulos sanguíneos e AVC em 41%. Isto levou à suspensão da comercialização destas hormonas? Não! Estes riscos foram escritos na bula das “pílulas” e continuou-se a prescrever este tipo de substituição hormonal, mas com o prazo máximo de 5 anos. Paradoxalmente, e de forma abusiva, estenderam-se os efeitos secundários e o tempo de utilização às hormonas bioidênticas. Ou seja, alertam-se as mulheres que as suas próprias hormonas podem ser perigosas por mais de 5 anos. Talvez se devesse “castrar” aos 18 anos uma adolescente que iniciou a menstruação aos 13! Claro que os grandes estudos médicos são patrocinados pelas grandes farmacêuticas, e a estas só interessam hormonas que possam ser patenteadas e comercializadas como tal. As farmacêuticas têm dinheiro em abundância para investir em estudos médicos, e se estão convencidas da superioridade das suas pílulas face às hormonas humanas (bioidênticas), porque não o fazem comparando as duas? A resposta é simples; provavelmente perderiam na comparação. E se não podes vencer uma luta, então não lutes! A terapia hormonal bioidêntica funciona muito bem, e sem efeitos secundários.

As mulheres em menopausa só têm quatro opções:

  • Fazer nada, continuando numa via de desequilíbrios hormonais só por si potencialmente perigosa ( a dominância estrogenica aumenta imenso o risco de cancro da mama e ginecológico)
  • Tentar remediar a situação com auto-medicação, escolhando entre dezenas de dietas, isoflavonas e vitaminas, bem como outros produtos derivados de plantas
  • Consultar um médico convencional, correndo o risco de sair com uma mão-cheia de medicamentos ou ainda pior, com a prescrição de uma “pílula”
  • Consultar um médico de medicina inovativa que lhe fará com a ajuda da farmácia de manipulados uma substituição personalizada com hormonas bioidênticas, visando o seu bem-estar geral e prolongar a sua juventude.

Os únicos efeitos indesejados só aparecem com doses desajustadas para baixo ou para cima. Afinal, estas hormonas estão connosco há alguns milhões de anos.

publicado por Anti-Envelhecimento às 10:40
link do post | comentar | ver comentários (7)

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds