Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Terça-feira, 31 de Maio de 2011

ÓLEO DE BACALHAU PARA O TRATAMENTO DA PNEUMONIA

Este estudo visou investigar o efeito do óleo de bacalhau na progressão da pneumonia estreptocócica em ratinhos balb/c. A pneumonia foi induzida por introdução traqueal do serótipo 2 da s.pneumoniae D39, sendo o óleo de bacalhau administrado durante 30 ou 60 dias. Foi efectuada uma avaliação das citocinas inflamatórias, parâmetros serológicos inflamatórios e taxas de sobrevivência. Apesar de não se terem verificado quaisquer diferenças no grupo de suplementação de óleo de bacalhau a 30 dias face aos controlos, o suplemento de óleo de bacalhau a 60 dias melhorou significativamente os resultados da doença. As citocinas inflamatórias e a carga bacteriana sofreram uma redução. Deste modo, o óleo de bacalhau demonstrou alterar e reduzir a reacção imunitária associada à infecção por estreptococos.

publicado por Anti-Envelhecimento às 16:00
link do post | comentar
Segunda-feira, 30 de Maio de 2011

QUATRO NUTRIENTES ESSENCIAIS

As mulheres são diariamente bombardeadas com publicidade sobre fármacos para obter melhor saúde. Esqueçam a fast-food, a soja, e os cereais integrais. Há quatro nutrientes que ajudam a evitar a doença e a manter-nos saudáveis:

  • Ácido alfa-linolénico (ALA). O “estudo das enfermeiras” seguiu mais de 76 000 mulheres durante 16 anos. Ele mostrou que as mulheres que consumiam mais ALA – um óleo ómega-3 –  tinham uma redução de 21% no risco de doença cardiovascular (o assassino n.º 1 das mulheres) e menos 46% de risco de morte súbita. Isto ainda se torna mais real quando consumimos os ácidos gordos ómega-3 EPA e DHA – que são produtos avançados do ALA, e encontrados nos óleos de peixe. É que alguns de nós têm uma taxa de conversão ALA/EPA muito baixa.
  • Magnésio. A maioria das mulheres não obtém a quantidade necessária deste importante mineral. As mulheres com insuficiência em magnésio podem ter ansiedade, depressão, fadiga, cores de cabeça ou cãibras musculares. Níveis baixos também podem contribuir para a diabetes e morte súbita (41%). A suficiência em magnésio – 400 mg diários – permite uma boa gestão do cálcio, e ossos saudáveis.
  • Testosterona. A ideia de que a testosterona não tem cabimento na vida das mulheres não só está errada, como é perigosa. Quando os seus níveis estão baixos as mulheres sentem-se em baixo, menos motivadas, cansadas, sem motivação, e com pouco ou nenhum interesse em coisas que as fazem sentir bem, incluindo sexo. A testosterona – e NÂO o cálcio – induz a formação óssea.
  • Metionina. Este aminoácido é particularmente importante para as mulheres porque melhora o tono da pele e condiciona o cabelo; fortalece as unhas; desintoxica os tecidos; ajuda a quebrar a gordura e ajuda a combater a depressão. Os ovos são a grande fonte deste aminoácido, mas o atum, o bife, o peru e as nozes do Brasil também têm boas quantidades. Precisamos de pelo menos3 gramas diários.
publicado por Anti-Envelhecimento às 17:02
link do post | comentar
Sexta-feira, 27 de Maio de 2011

COMEMOS MAIS DO QUE O QUE PENSAMOS

Cerca de 10% das pessoas maiores do que 20 anos enfrentam os riscos letais do consumo excessivo de calorias , não fazendo a mínima ideia do quanto estão a estragar a sua saúde e a encurtar a sua longevidade. Podemos ficar surpresos com estas pessoas pois são magras e aparentemente saudáveis. Muitas delas até aderiram a um programa de dieta e exercício físico, mas de acordo com uma analise exaustiva efectuada pela Clínica Mayo elas ainda estão a ingerir calorias em excesso, as quais não são capazes de utilizar . Claro que já sabem que a minha opinião vai contra o conceito nutricional de calorias, que as ditas não são todas iguais, mas podemos adoptar o conceito das calorias por uma questão de raciocínio geral. As consequências fatais podem incluir:

• O quadruplo dão risco de s. metabólico

• Aumento do risco de doença cardiovascular, e o dobro do risco de morte por causa cardíaca nas mulheres

• Hipertensão nos homens

• Anormalidades nas lipoproteinas (colesterol)

O moderno flagelo do super consumo alimentar é um factor de risco independente para virtualmente qualquer doença relacionada com o envelhecimento – desde o cancro, à aterosclerose, à artrite e à demência. A restrição calórica é uma filosofia de alimentação na qual se ingerem poucas calorias, mas com um aporte nutricional correcto. Reduzindo dramaticamente a ingestão de calorias inicia-se uma cascata de eventos anti-envelhecimento que “liga” os genes favoráveis ao rejuvenescimento, abrandando o processo de envelhecimento. A restrição calórica também melhora os biomarcadores de saúde nomeadamente a função cognitiva (pensamento), o controlo glicémico e o desempenho cardiovascular. Sendo certo que é difícil seguir um plano alimentar centrado na restrição calórica, felizmente há uma serie de substancias que mimetizam os seus efeitos e benefícios. A mais recentemente descoberta, a fisetina – oriunda dos morangos – é um desses compostos. Ela aumenta os níveis de glutatião (o nosso antioxidante major) bloqueia a glicação (processo principal do envelhecimento) protege o ADN, controla a inflamação e apoia as mitocôndrias (central energética celular), bem como outros constituintes celulares. Outros nutrientes como o resveratrol (vinho tinto), pterostibeno, extracto de grainha de uva, quecertina, e chá preto têm capacidade de activar os genes da longevidade. Sabemos que a melhor maneira de activar estes genes, para além da restrição calórica, é a suplementação com a metformina (fármaco usado na diabetes). Resumindo:

• Cerca de 10% da população encara um destino cruel devido à ingestão excessiva de comida.

• Isto resulta em aumento brutal do risco de AVC, diabetes e doença cardiovascular.

• Os nutrientes capazes de actuar sobre esta patologia fazem-no por formas diferentes sendo portanto sinérgicos

publicado por Anti-Envelhecimento às 16:42
link do post | comentar
Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

SNACKING ASSOCIA-SE A AUMENTO DE ACIDENTES, STRESS E MAU FUNCIONAMENTO CEREBRAL

Um estudo recente – o estudo das 800 enfermeiras – mostrou que os que comem snacks têm maiores níveis de stress, mais problemas cognitivos no trabalho, e mais acidentes for a do trabalho. Há muito que aviso em relação aos snacks porque eles alteram o ambiente hormonal que envolve a insulina, o glucagon e a leptina levando a baixas de açúcar no cérebro. Dado que o nosso cérebro necessita de um fornecimento estável de glicose para uma função cognitiva (pensamento) óptima, a rotura deste processo vai ter um impacto na capacidade de raciocínio, o que foi demonstrado neste estudo. É suposto haver um snack entre as nossas refeições – mas esse snack vem do fígado! A moral desta história reside em comer de acordo com os ritmos hormonais ou sofrer as consequências.

publicado por Anti-Envelhecimento às 18:17
link do post | comentar
Domingo, 22 de Maio de 2011

ROMÃ FRUTO DA VIDA

A ciência há muito que documentou a capacidade do colesterol HDL (o “bom” colesterol) para limpar as paredes arteriais e devolver o colesterol ao fígado. Esta é a razão pela qual é tão importante manter o HDL acima dos 50 mg/dl. Mas o HDL é mais do que um detergente de colesterol. Ele também protege o colesterol LDL (o “mau” colesterol) da oxidação – oxidação essa que é a razão para se formar a placa de aterosclerose – e ao mesmo tempo protege contra a inflamação crónica, contra a acção das moléculas de adesão vascular e da activação das plaquetas (formação de coágulos). Para que o HDL possa exercer estas funções, precisa estar ligado a uma enzima chamada paraoxonase-1 (PON-1). À medida que envelhecemos a produção desta enzima declina, reduzindo a capacidade de protecção contra o enfarte e o AVC. A pon-2  exerce um efeito similar, mas apenas ao nível celular.

Alguns nutrientes são capazes de aumentar a produção da PON-1 nomeadamente o resveratrol, a quecertina e o sumo de romã. Mas sabemos agora que não é apenas o sumo da romã que tem efeitos benéficos. Todo o fruto, nomeadamente a polpa e as sementes (óleo das sementes) tem acção sobre a PON-2. Os extractos das flores da romã têm uma capacidade excepcional para activar a produção da PON-2. Assim, todo o fruto – polpa, flores e óleos das sementes – tem capacidade sinérgica para conferir protecção contra os maiores assassinos do nosso tempo: a doença cardiovascular, a diabetes  e o cancro.

publicado por Anti-Envelhecimento às 10:52
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds