Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

HORMONAS BIOIDÊNTICAS

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

O JEJUM E A GORDURA

Após o meu debate na TSF, em 2008, e a série de questões que levantou, haverá muita gente que não sabe o que são os corpos cetónicos, de onde provêm e qual a sua finalidade. Analisemos os objectivos e as prioridades do nosso sistema metabólico par a ver o que acontece. Vou tentar manter a bioquímica no mínimo, portanto não se assustem. O objectivo principal do nosso metabolismo consiste em providenciar “combustível” nas quantidades necessárias e às horas necessárias de forma a manter-nos vivos e a funcionar. Enquanto tivermos alimentos à nossa disposição, o metabolismo trata de os digerir e armazenar. Numa sociedade de abundância como a nossa a tendência para a obesidade é uma constante, contrariamente ao que sempre sucedeu durante a nossa evolução pois alternaram períodos de abundância com outros de fome. Foi assim que a evolução tratou de arranjar sistemas de recurso para as épocas de “vacas magras” – daí a criação da insulina (a hormona do armazenamento). A génese da maioria das razões religiosas para os jejuns está nessa necessidade de “limpar” o organismo de todas as impurezas. O que acontece durante o jejum também acontece parcialmente na restrição de hidratos de carbono.

O nosso organismo em face de hidratos de carbono – mas não só – produz insulina através do pâncreas, e esta leva o açúcar para dentro das células transformando o excesso em gordura. Quando em jejum o organismo faz o percurso inverso – neoglucogénese – e transforma a gordura em corpos cetónicos os quais servem como combustível. Claro que com a continuação do jejum o corpo transforma músculo e órgãos em glicose, debilitando-os. O objectivo do metabolismo consiste em arranjar glicose para o cérebro e para os glóbulos vermelhos que necessitam dela para funcionar.

Assim, o sistema metabólico – centrado predominantemente no fígado – tem dois problemas para resolver:

·       Obter glicose para os tecidos dela dependentes

·       Manter ao máximo a massa muscular

A resposta metabólica consiste em reduzir a necessidade de dependência de glucose tecidular de forma a preservar a proteína (músculo). Entram em cena os corpos cetónicos, provenientes da gordura acumulada, os quais geram a energia precisa às funções hepática e muscular. Ora embora os corpos cetónicos sejam um subproduto da gordura acumulada, são hidrosolúveis (significa que se dissolvem no sangue) pelo que podem constituir uma fonte de energia para vários tecidos incluindo os músculos, cérebro e coração. De facto, o cérebro funciona bem com corpos cetónicos quando não tem glicose para produzir energia, e estes conseguem substituir quase por completo a glicose exigida para o funcionamento cerebral. E os corpos cetónicos são a preferência do coração, fazendo com que este funcione com uma eficiência 28% maior.

A gordura é um combustivel perfeito. Parte dela fornece energia ao fígado para que ele possa transformar proteína em glicose, e a porção não utilizável é convertida em corpos cetónicos  que reduzem a necessidade em glicose, poupando o músculo. Mas, se em vez de jejuar completamente fizermos uma dieta muito pobre em hidratos de carbono podemos manter o fígado em modo de queima de gordura ao mesmo tempo que mantemos a musculatura – isto é, o melhor dos dois mundos. Então, quanto é o mínimo eficaz? Cerca de 60 gramas de hidratos de carbono por dia obriga o organismo a produzir corpos cetónicos – e portanto a queimar gordura a todo o vapor.

Resumindo, o jejum controlado faz o nosso corpo entrar nas suas poupanças – gordura – enquanto o metabolismo praticamente pouco diminui e a libertação de factores e hormonas do rejuvenescimento é maximizada. Se a isto juntarmos cientificamente o exercício de resistência – marcha vigorosa – então teremos uma queima de gordura corporal muito acelerada, na ordem dos 10 a 20 quilos por mês. Ah, e não se assustem quando às vezes acordam e a 1ª urina cheira a acetona. Significa apenas que o jejum de 12 ou mais horas levou à produção de corpos cetónicos e que estão em modo de queima de gordura. Boas notícias!

publicado por Anti-Envelhecimento às 19:51
link do post | comentar | ver comentários (2)
Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

CÉLULAS VICIADAS EM HIDRATOS DE CARBONO

Se pensa que os hidratos de carbono não causam dependência, e acha que é fácil prescindir de os ingerir, reflicta novamente sobre o assunto. Uma das razões para ser difícil prescindir deles prende-se com a produção de serotonina – hormona cerebral que dá uma sensação de conforto e bem-estar – razão pela qual algumas drogas psicotrópicas como a sibutramina têm efeito no sobrepeso. Outra razão tem a ver com o metabolismo e a vida. Um laureado com o prémio Nobel, o cientista alemão Otto Warburg, demonstrou que as células cancerosas não produzem energia da mesma forma que as células normais. As células cancerosas obtêm energia, não como as células normais o fazem através da oxidação mitocondrial (as mitocôndrias são as centrais de produção de energia celular) da gordura, mas sim por um mecanismo primário de produção de energia a partir da quebra da glicose no citoplasma (a parte liquida da célula). Este metabolismo diferente por parte das células cancerosas é chamado de efeito de Warburg.  Warburg pensou que esta diferença seria o que causa o cancro, e embora seja verdade que as pessoas com elevados níveis de insulina e de glicose tenham maior propensão a desenvolver cancro, a maioria dos cientistas acha que esta será uma consequência. Assim, quando restringimos o suprimento de glicose as células cancerosas ressentem-se e o crescimento tumoral abranda – especialmente nas formas mais agressivas de cancro.

O nosso organismo só precisa de glicose para surtos rápidos de energia, como uma corrida ou levantar um grande peso, e para a energia gasta pelo cérebro e pelos glóbulos vermelhos. O combustível normal é a gordura! 

publicado por Anti-Envelhecimento às 18:27
link do post | comentar
Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

OBTENHA OS MELHORES RESULTADOS PARA A SUA PELE

 Os dermatologistas dizem que verá os melhores resultados de um gel, creme, ou loção antiaging se seguir estes conselhos:

 

1.     Use protector solar diariamente. Para prevenir o foto-envelhecimento pelos raios UV, os quais podem acelerar os sinais do envelhecimento, o protector solar é fundamental. Deverá ser aplicado nas partes expostas especialmente no rosto e nas mãos. Um creme hidratante antiaging com protecção UVA e UVB e fps de 15 é o suficiente.
 

2.     Evite o bronzeado. Bronzear a pele, expõe a pele aos raios mais nocivos UVA que aceleram o envelhecimento cutâneo, causam rugas, manchas, e pele avermelhada.
 

3.     Hidrate, hidrate, hidrate. Isto retém a agua na pele, o que só por si ajuda a eliminar rugas finas e dá uma melhor aparência e imagem mais brilhante e jovem.
 

4.     Teste os produtos, mesmo os que têm rótulo “hipoalergénicos.” As pessoas interpretam muitas vezes mal o significado de hipoalergénico, e pensam que estão livres de uma reacção alérgica. Apenas significa que a hipótese é menor. Teste uma pequena quantidade no antebraço durante 4 a 5 dias. Se não houver reacção poderá aplicar no rosto.

 

5.     Limite o número de produtos. Usar muitos produtos na pele, tende a irritar a pele. Para melhores resultados use dois produtos e dê-lhes tempo para actuarem.
 

6.     Dê tempo ao tempo. Apesar das pretensões que os produtos de beleza reclamam, o que é facto é que eles não têm efeitos do dia para a noite. Muitos cremes necessitam de um mínimo de três meses para se ver os efeitos. COMPRE UM PRODUTO HONESTO!

 

7.     Use os produtos segundo as indicações. Nem mais, nem menos! Alguns têm constituintes que são lesivos se aplicados em excesso. Aplicar produto a mais também pode obstruir os poros ou efeitos indesejados.
 

8.     Evite produtos que “picam”. Produtos que “queimam” ou “picam” não são sinónimo de que estão a fazer efeito, muitas vezes e tão apenas estão a irritar a pele.
 
 

9.     Continue a usar, s quer ver resultados. As pessoas pensam muitas vezes que uma vez obtidos os resultados que queriam podem parar de usar o produto. Para continuar a ter resultados é preciso manter a aplicação.
 

10.  Não suplemente com procedimentos “faça você mesmo”. Os consumidores acham que podem usar de forma caseira kits de lasers ou botox. Este procedimento é muito perigoso Segundo a FDA.

Se seguir estes conselhos e escolher uma linha de beleza “honesta” que não lhe prometa mundos e fundos e que seja BIOLÓGICA, poderá ver bons resultados ao fim de alguns meses. Afinal, o tempo até passa depressa!

publicado por Anti-Envelhecimento às 14:48
link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 28 de Julho de 2009

MASCULINIZAÇÃO NA MULHER PERIMENOPAUSICA

 

Na menopausa declinam os níveis de estrogénios, mas não até zero. Geralmente o estradiol – o principal estrogénio – diminui até níveis de 15% de anteriormente, e a estrona baixa cerca de 50%. A androstenediona, uma hormona produzida nas supra-renais e parcialmente no ovário em menopausa é convertida pelas células de gordura corporal em estrona, a qual é parcialmente convertida no fígado em estradiol. Desta forma percebe-se que a mulher menopaúsica tenha uma dominância estrogénica, através da cadeia metabólica das supra-renais.   

Assim, quando a progesterona está em quantidades deficientes, a cadeia de reacções metabólicas da biosíntese dos esteroides faz-se através da via alternativa da DHEA – supra-renais – o que leva a um predomínio dos androgénios em relação à síntese esteroide via progesterona. Esta será a provável causa para o aparecimento de pelos faciais e para a calvície de padrão masculino que ocorre nas mulheres mais velhas. Uma evidencia a favor desta tese é que quando se suplementa a progesterona em falta isso leva, com tempo, ao desaparecimento dos pelos faciais e à restauração do cabelo.

publicado por Anti-Envelhecimento às 16:45
link do post | comentar
Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

Cara leitora

Exmo. Sr.Dr. Luís Romariz:
Tenho 37 anos, sexo femenino, não tenho filhos.
Li o Seu Post sobre Q10.
Gostaria de saber se também me aconselha a toma desta coenzima?
No entanto, já tentei comprar o ubiquinol nas farmácias, mas, não conhecem!
O que me sugere em relação à toma e em relação ao facto de não encontrar em farmácias?

Com os melhores cumprimentos.

Carla Pereira

 

Não sei se o Q10 ainda está à venda nas farmácias. O ubiquinol é muito recente e nunca esteve à venda. Dado o preço dos suplementos vitamínicos, eu mando fazer um polivitamínico e antioxidante com tudo o que entendo ser necessário. Sai mais barato, e não há outra forma, infelizmente. Vou-lhe mandar a direcção da farmácia que o produz para o seu mail.Talvez lhe possam fornecer.

publicado por Anti-Envelhecimento às 17:55
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds