Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

PROBLEMAS COM A TIRÓIDE?

Lançamento de "O Regime A...

Arquivo

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2010

TEMPO DE REACÇÃO

Na vida temos duas opções. Ou fazemos parte do problema ou fazemos parte da solução!

Ontem recebi a declaração Portuguesa da Vitamina D...... pomposo! E nesse texto faz-se referência à crescente insuficiência nesta vitamina e à necessidade da sua suplementação, na dose de 700-800 UI diárias. Fantástico! A minha 1ª publicação sobre o assunto, neste blogue, foi em Maio de 2008. Já nessa altura eu falava acerca da necessidade de doses elevadas de vitamina D – maiores do que 2.,000 UI dia.
Então em que é que isto me consola? Apenas por duas razões: a primeira prende-se com a constatação de estar certo e na vanguarda da ciência médica; a segunda é por poder sossegar os meus pacientes e os meus leitores quanto à validade das minhas opções terapêuticas.
Infelizmente, esta declaração faz parte do problema! E porquê?
Porque aponta para níveis de vitamina D de cerca de 30 ng/ml – os quais apenas cobrem necessidades de combate à osteoporose – quando sabemos que os níveis óptimos andam à volta dos 90 ng/ml. Também sabemos que níveis elevados desta vitamina protegem de cancro do cólon, da pele, da próstata e da mama; do autismo e da esclerose múltipla; da doença cardiovascular. Enfim, diariamente aparecem novas indicações para a vitamina D. O que não me surpreende pois somos seres da luz!
O que me surpreende é o facto de não havendo vitamina D – 25-hidroxi-vitamina D – à venda nas farmácias (apenas há misturada com bifosfonatos ou com cálcio) se acertou no alvo ao propor a dose supracitada. É que esta é, apenas e por acaso, a dose que a indústria farmacêutica tem à venda nesses fármacos!
Ficamos com o problema para resolver. Nem temos as doses elevadas de que necessitamos, nem a 25-hidroxi-vitamina D. Pela parte que me toca já há muito que mando fazer análise aos níveis desta vitamina e ajo em conformidade. No mínimo todos os meus pacientes tomam 2.000 UI desta vitamina (que mando fazer). Na maioria tem sido necessário aumentar a dose para 100.000 UI de 15 em 15 dias e mesmo assim é difícil alcançar os níveis óptimos. Claro que eu sou um homem de fé, e tenho fé em que o Sol “volta” em Abril e que a nossa exposição solar nos fará obter os desejados níveis. É que eu tenho a opinião de que suplementos são isso mesmo. Acrescentos ao meio de obtenção natural. Mais, tal como em relação às vitaminas – atenção que a vitamina D é uma hormona e não uma vitamina – a suplementação apenas corrige insuficiências em alguns, mas não todos os compostos. Há metabolitos da vitamina D que só se obtêm através da luz solar. Mas esta é grátis,...... não é?
publicado por Anti-Envelhecimento às 11:20
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds