Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

OS ALIMENTOS QUE OS PORTADORES DE DOR CRÓNICA DEVEM EVITAR

A dor crónica é uma questão sensível sendo a fibromialgia é uma forma muito comum. É uma doença crónica cujos sintomas incluem dores predominantemente musculares, fadiga, depressão e alterações do sono. Dados recentes sugerem que a sensibilização central, na qual os neurónios da espinal medula se tornam sensíveis por inflamação ou lesão celular, pode estar envolvida na forma como os pacientes desta doença processam a dor. Certos químicos contidos na alimentação despoletam a libertação de neurotransmissores que aumentam esta sensibilidade.

Embora tenha havido poucos estudos sobre a relação da fibromialgia com a dieta, as seguintes regras alimentares não fazem mal, e podem ajudar a lidar com a dor crónica.

Limite ao máximo o consumo de açúcar e cereais, particularmente o trigo e os que têm glúten. Estes fazem aumentar os níveis de insulina que tipicamente pioram as dores. Esta limitação inclui os sumos de frutos, ainda que caseiros. Coma fruta fresca.

Coma alimentos frescos sem conservantes ou aditivos, pois estes podem despoletar a sindroma do cólon irritável. É boa ideia comprar alimentação biológica sempre que possível, para evitar os pesticidas e outros químicos. De qualquer forma dê preferência aos frescos.

Evite a cafeína pois a fibromialgia tem ligações com desequilíbrios nos químicos cerebrais que controlam o humor, e também está ligado frequentemente a alterações do sono.

Seja cuidadosa com as gorduras que ingere. Os óleos ómega-3 podem ser extremamente benéficos na dor crónica, o DHA porque fortalece as membranas celulares e o EPA por que é anti-inflamatório. Elimine COMPLETAMENTE as margarinas e o fast-food.

Cuidado coma ingestão de fungos/leveduras pois o seu crescimento pode contribuir para aumentar a dor.

Evite o aspartame e o MSG pois este adoçante artificial encontrado em muitos refrigerantes faz parte de um grupo de excitotoxinas, que activa os neurónios responsáveis pele sensibilidade à dor. O monoglutamato de sódio (MSG) causa frequentemente estimulação dos neuroreceptores da dor.

Na minha prática clínica a abordagem a este tipo de dor engloba o doseamento e respectiva correcção dos níveis da vitamina D, da DHEA e do cortisol, bem como a suplementação com ácido lipoico. Se as alterações no eixo supra-renal podem dar este tipo de sintomatologia nomeadamente a fadiga, normalmente após uma infecção respiratória, a insuficiência em vitamina D parece ter uma relação directa com a fibromialgia. Na realidade, os estudos cada vez mais apontam para a insuficiência em D como a possível génese desta patologia o que deve ter a ver com a crescente heliofobia das últimas décadas. Por fim, o óleo de coco tem sido muito benéfico para os pacientes com fibromialgia! 

publicado por Anti-Envelhecimento às 15:22
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds