Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009

SERÁ QUE O COLESTEROL ELEVADO CAUSA DOENÇA CARDÍACA? Resumo de uma entrevista com o Dr. Uffe Ravnskov

Este cientista, que trabalhou em vários departamentos médicos na Dinamarca e na Suécia iniciou a sua carreira académica no departamento de nefrologia do Hospital Universitário de Lund, e sempre suspeitou da teoria em que o colesterol é a génese da aterosclerose, desde o seu início. As notas em itálico são da responsabilidade do autor deste blogue. Pouco tempo após (1962) a sua licenciatura em medicina ele tomou conhecimento desta pretensa ligação, mas o facto de ainda ter muito presentes os seus conhecimentos em bioquímica levou-o a desconfiar desta causalidade pois o colesterol é uma das moléculas mais importantes do nosso organismo, e indispensável para a formação das células e para a produção de hormona sexuais e anti-stress, bem como para a formação de vitamina D.

A grande questão é: se a teoria do colesterol estiver errada será que as suas terapias são desnecessárias? Absolutamente. Segundo o Dr.Ravnskov, estes tratamentos são desnecessários e insignificantes, dispendiosos, e transformaram milhares de pessoas saudáveis em potenciais doentes. O benefício das estatinas é trivial, e apenas foram observados nos homens que já tiveram um evento cardíaco. Mais, os seus efeitos secundários são ignorados ou habilmente depreciados, sendo que pesquisadores independentes encontraram efeitos secundários mais graves e em maior número. Se eles tiverem razão isso significa que há milhões de pessoas saudáveis que consideram as suas dores musculares, a sua má memória, a sua falência sexual, e o cancro como consequência do envelhecimento, pensando os seus médicos o mesmo. O risco de cancro é alarmante. Quer os estudos epidemiológicos, quer os estudos em animais mostram que o colesterol diminuído predispõe a cancro. Aliás, a curva da mortalidade atribuível ao colesterol é uma curva em jota, decrescendo até determinado limite e aumentando com os valores baixos de colesterol. O uso generalizado de estatinas explica em parte porque é que não se assistiu a uma diminuição na mortalidade por cancro, após a diminuição do hábito de fumar.

As companhias farmacêuticas comercializam agressivamente as estatinas e nas maiores doses possíveis. Por exemplo, o Zarator é levado à sua dose limite de 80 mg mas leva a mais efeitos adversos e a um custo incomportável. No estudo SEAS, a mortalidade não se alterou, mas houve um aumento estatisticamente significativo no número de cancros. Pior foram os resultados do estudo ENHANCE, no qual a aterosclerose em doentes com hipercolesterolemia familiar progrediu mais entre os que tiveram o colesterol mais diminuído. Vejamos, considerando a idade e a existência de um ataque cardíaco prévio, a expectativa de sobrevivência a cinco anos é de 90%. Tomando uma estatina diariamente esta aumenta para 92% - irrelevante – mas expõe a graves efeitos adversos. Um em cada 72 homens que tomem estatinas durante cinco anos, terá o benefício de evitar um evento cardíaco - que até pode não ser fatal – o que convenhamos é muito pouco.

Na Suécia há uma “revolução” em curso. Uma médica de família tratou a sua própria obesidade com uma dieta baixa em hidratos de carbono e elevada em gordura animal. Quando sugeriu esta dieta a uma paciente sua foi processada por má prática médica. Após dois anos e uma longa investigação, ela foi ilibada das acusações por se considerar que agiu de acordo com a evidência científica. O que é facto é que os médicos têm medo, especialmente nos grupos de risco, de não prescreverem estatinas e poderem ser processados. Estranhamente não é o sonho que comanda a vida, mas sim o medo!

Mas não é tudo. Sachdeva et al relataram que o colesterol médio em 137.000 pacientes com enfarte agudo do miocárdio era menor que o normal. Poucos meses depois Al-Mallah et al relataram que a mortalidade era o dobro entre os que tinham o menor colesterol.

Recentemente peritos da WHO e da FAO revelaram que não há evidência que a gordura saturada provoque doença cardíaca, diabetes ou obesidade. Aliás, o contrário seria muito estranho pois temos consumido gordura animal durante os milhões de anos da nossa evolução e ainda cá andamos!

A própria indústria farmacêutica está espantada com os resultados e começa a atribuir os sucessos parciais à possível acção anti-inflamatória das estatinas. Diga-se que estes fármacos baixam imenso a coenzima Q10 que é crucial para os músculos e para o coração. A MSD está a desenvolver uma vitamina B3 sem reacção de vasodilatação, pois está cada vez mais provado que essa é a melhor estratégia para normalizar as lipoproteinas. 

publicado por Anti-Envelhecimento às 17:24
link do post | comentar

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds