Não ponha na pele algo que não seja capaz de ingerir
Mais informações:
Tel.: 22 4220111
Aumento da longevidade e rejuvenescimento funcional biológico, isto é, dar mais anos à vida e mais vida aos anos.

Envie a sua questão

As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: anti-envelhecimento@sapo.pt

Posts recentes

QUER SABER SE A SUA TIRÓI...

ATAQUE CARDÍACO - Factore...

ELECTRÕES, TOXINAS, E DOE...

EXERCICIO DE CADA DIA … N...

DIETA H.C.G.: EFICAZ? DIS...

A VITAMINA C REJUVENESCE ...

ATAQUE À TIRÓIDE

FAÇA CRESCER TECIDO CEREB...

ESCORBUTO SUBCLÍNICO

NÃO SE FRITE POR DENTRO

Arquivo

Novembro 2017

Dezembro 2016

Junho 2016

Abril 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Consultas em Lisboa

Consultas de Saúde da Mulher (hormonas bioidênticas) e Saúde do Homem:


Marcações pelo Tel. 911 506 033


Para aceder aos cosméticos biológicos clique na imagem à esquerda

Sexta-feira, 6 de Novembro de 2009

COMO A FIBRA E A FLORA “AMIGÁVEL” REDUZEM A INFLAMAÇÃO

Os cientistas fizeram uma descoberta da maior importância ao entender como é que a fibra e os probióticos (flora intestinal amigável) proporcionam benefícios significativos a problemas de carácter inflamatório como a colite, a asma, e a artrite.

A fibra alimentar é fermentada no cólon distal pela flora “amigável”, resultando numa produção de ácidos gordos de cadeia curta (SCFAs). A nova descoberta consiste em que estes SCFAs se ligam ao receptor das células da imunidade chamados G-protein-coupled receptor 43 (GPR43). Foi demonstrado que quando estes GPR43 são activados pelos SCFAs então a inflamação é controlada. E inversamente, quando os GPR43 não são activados então a inflamação persiste. Isto é uma descoberta extremamente importante.

O significado disto é que se ingerirmos suficiente fibra alimentar e probióticos então teremos uma produção aumentada de SCFAs que ajudam a regular as células do sistema imune a não produzir sinais inflamatórios.

Por outro lado, dietas ricas em açucar e outros alimentos-lixo criam um desequilibrio intestinal, tal como a utilização repetida de antibióticos. Esta situação promove um sobre crescimento de H. Pylori ou Candida albicans.  A inflamação do revestimento intestinal pode por sua vez conduzir a penetração de micróbios invasores e assim perpetuar o ciclo.

É correcto o ponto de vista de que a fibra e os probióticos (Biogaia) são uma terapia anti-inflamatório, não só no sistema digestivo mas de uma forma sistémica.  

publicado por Anti-Envelhecimento às 14:28
link do post | comentar
2 comentários:
De suzana haenisch a 29 de Agosto de 2010 às 02:25
Bom dia Dr. Luis
Sou dentista e moro no Brasil, numa pequena cidade. Tenho um filho de 18 anos que é portador da síndrome de Asperger, e por isso mesmo tem péssimos hábitos alimentares, difíceis de controlar.
Ele desenvolveu um quadro de acne muito grave, o qual não conseguimos controlar com a medicação normalmente prescrita. Suspeito de problemas com o glúten e a caseína (os quais recentemente comecei a eliminar da dieta). Ele apresenta baixa atividade física, mau hálito (não relativo a dentes) e fica muito recluso, ou seja, quase não toma sol.
Me parece que tudo gira em torno da sua péssima alimentação, falta de vit D, candidíase sistêmica e uma provável inflamação intestinal. Porém, ele não apresenta sinais, como constipação ou gases.
A acne é o sinal mais evidente, alem da magreza e aparência abatida. Isto pode ser sinal de inflamação intestinal? Não sei por onde começar a investigação; onde moro não há especialistas no assunto, principalmente se tratando de uma pessoa portadora de autismo.
Gostaria de uma orientação sua.
Muitíssimo obrigada
Suzana
De Anti-Envelhecimento a 30 de Agosto de 2010 às 17:34
Parece-me que está no bom caminho evitando o glúten.Faça uma suplementação com vitamina D. Se possível efectue um teste de intolerância alimentar, tipo A200.

Comentar post

Torne-se fan da nossa página:

Dr. Luís Romariz

Dr. Luís Romariz licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto em 1979, e especializou-se em Medicina Familiar em 1988, tendo actualmente o grau de Assistente Graduado. Tem desenvolvido a medicina preventiva nos últimos 27 anos e alcançou o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. Tem ainda pós-graduação pela Harvard Medical School, e pela Medical School of Yale University. Tem o curso de Internacional de Mesoterapia e de Medicina Estética. membro diplomado da AMME da França. É membro da Americana A4M, da Life Extension Foundation e da Andropause Society, do Reino Unido. Speaker internacional. É o pioneiro da medicina Anti-Aging em Portugal É o fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

Medicina Anti-Envelhecimento

Especialidade médica (Age Management Medicine) nascida há cerca de 8 anos nos EUA e que encara o envelhecimento como uma doença da qual conhecemos as principais causas e os sintomas, mas que ainda não é curável.
Não sendo curável é no entanto possível retardar o seu aparecimento e praticamente suprimir os sintomas. Isto consegue-se à custa de:
- Medicina preventiva proactiva, curativa de tecnologia de ponta, e harmonização hormonal.
- Nutrição optimizada e suplementada.
- Exercício físico sustendato e hormonalmente optimizado.

Pesquisar

 

Subscrever feeds

blogs SAPO

Subscrever feeds